Blog do Maria

31/10/2009

O Brasil assistirá Palmeiras x Corinthians

Palmeiras x Corinthians, amanhã, em Presidente Prudente, terá audiência maciça no país inteiro. Por depender dos seus próprios resultados e liderar a Séria A com dois pontos de vantagem sobre o São Paulo, é a equipe a ser batida. Todos torcem contra o Verdão. Mas o favoritismo palmeirense em conquistar o título é grande porque à exceção do Atlético Mineiro,  não terá pela frente até o final outro clube lutando pelo título. Três dos seus adversários: Fluminense e Sport, os dois lanternas; e Botafogo, recém saído da zona de rebaixamento. Mas não custa lembrar que teoria é uma coisa e na prática é outra, ainda mais em  futebol.

 

O vice líder São Paulo, que hoje enfrenta o Barueri, tem tudo para terminar a rodada com mais três pontos.  Como se não bastasse a história do homem da mala, que  mexeu com a equipe barueriense, ela não terá Val Baiano e Renê, os autores da denúncia contra o Cruzeiro. A diretoria do clube  resolveu preservá-los e vetou a escalação dos dois.  E se  o Corinthians derrotar o Palmeiras, amanhã, a rodada será perfeita para os sãopaulinos.

 

O Atlético Mineiro, terceiro colocado, com quatro pontos a menos que o Palmeiras, tem difícil compromisso: enfrentará o Goiás no Serra Dourada. O time dirigido por Hélio dos Anjos é sempre um perigoso. A tarefa do Internacional, em quarto, parece menos complicada: jogará contra o  Botafogo, que realiza péssima campanha e ocupa o 16º. lugar.  Cruzeiro e Flamengo, ambos com 51 pontos, estão a seis do Palmeiras. Respectivamente, enfrentam o  lanterna Fluminense e o Santos.

 

Por Maria às 08h42

30/10/2009

Fim de semana brabo, Mengão

Que situação embaraçosa viverá o torcedor do Flamengo neste fim de semana.  Como o Urubu perdeu para o Barueri e caiu para sexto lugar no Brasileiro, além de torcer fervorosamente neste sábado contra o Santos - se perder babau - ,  terá que vestir também a camisa do seu carrasco Barueri, que agora vai enfrentar o vice-líder São Paulo; a do Goiás, que pega o terceiro colocado Atlético Mineiro. Pior, a de seus grandes rivais: a do Botafogo, que jogará com o Internacional, o quarto colocado; e a do Fluminense, que  enfrentará o Cruzeiro, em quinto e também situado à frente do  "mais querido".

Não é um conjunto de resultados dificílimo de acontecer? Portanto, haja gogó e muito gargarejo.

 

 

 

Por Maria às 21h29

Etoo, Obina e o Gordo

Galera,  entendam: essa comparação do Obina com Etoo não é minha, era uma brincadeira carinhosa da torcida  do Flamengo com o atacante.  Nada além disso. Agora tem o seguinte: se o baiano marcar três gols no Timão, como aconteceu no jogo passado, aí eu assino embaixo. Porque nem o Etoo é capaz de fazer isso. Fechado?

Esse jogo de domingo promete. O Corinthians é franco atirador, entrará em campo sem pressão alguma.  Já o Verdão vai com tudo, até com a camisa azul, a usada na época do 14 Bis e que saiu novamente da prateleira. Pra mim, o favoritismo é do Palmeiras, mas em clássico tudo pode acontecer. 

Mano Menezes já deixou claro que Etoo será vigiado.  ô... desculpa, Obina.

A missão do São Paulo é menos problemática do que a do Palmeiras, acho eu. E se vencer  o Barueri e o Gordo (chamo-o assim com o maior respeito) estiver inspirado contra o Verdão, o tricolor paulista assume a liderança.

Um apelo ao amigo Ronaldo: "Fenômeno, se vc fizer um gol não se pendura no alambrado não, tá? Lembra daquele jogo contra o Palmeiras em que vc marcou seu primeiro gol com a camisa do Corinthians e a cerca desabou? Pois é, foi em Presidente Prudente?  Mas se a vontade for grande, se pendura sim. Vc, que já foi três vezes melhor do mundo, tem carta branca e merece.  Abraços".

Por Maria às 18h51

Obina é melhor do que Etoo

Perguntar não ofende: o que é que deu no Obina ?  Não importa. Só posso dizer que ele fez três gols na vitória de 4 a 0 do Palmeiras sobre o Goiás, no Palestra Itália, e começo achar que a torcida do Flamengo tinha razão quando gritava que ele era melhor do que Etoo. O baiano estava inspirado. Inspirado, não. O homem estava endiabrado. Ninguém  conseguia pará-lo. O outro gol palmeirense foi de Deyvid Sacconi – não errei não, é assim mesmo que se escreve o nome do  quase gringo.

 

Se Obina acordou e já está com 12 gols no Brasileiro, cinco a menos que Diego Tardelli, não tem problema. O Palmeiras tem 57 pontos ganhos,  dois a mais que o São Paulo, o vice líder.  Mas pelo que se viu ontem o despertar foi geral. O Palmeiras voltou a ser o Palmeiras e Muricy já se mostrava menos sisudo. Agora, vamos ver a cara do professor no domingo. O adversário será o Corinthians, um franco atirador e que nesta rodada derrotou o Vitória por 1 a 0, lá em Salvador, a terra de Obina.  

Por Maria às 00h56

Abenção João de Deus, o Flu venceu

Só espero que  não apareça ninguém para dizer que o homem da mala viajou para o Rio e ofereceu dinheiro para o Fluminense derrotar o Atlético Mineiro por 2 a 1, acabar com qualquer possibilidade de o Galo assumir a liderança,  caso o Palmeiras perdesse para o Goiás. Ao contrário: o tropeço o levou a cair para terceiro, atrás do São Paulo.

O time tricolor teve méritos , foi um corajoso, não se intimidou com o fato de a derrota praticamente colocá-lo na Série B. Este resultado,  foi conquistado exclusivamente dentro de campo, não teve sequer o dedinho de João de Deus, que, apenas torceu,  assim como São Judas Tadeu faz pelo Flamengo.

Já o Atlético ficou mal. E seu próximo adversário será o Goiás, no Serra Dourada. Um time que foi goleado de 4 a 0 pelo Palmeiras e, certamente, fará o possível e o impossível para apagar a má impressão deixada no Palestra Itália.

 

Ahh.. o Fluminense fez 2 a 0, com gols de Fred (pênalti) e Conca, e Diego Tardelli diminuiu. Mas isso é apenas detalhe. O que pega é que o próximo jogo do Fluminense será contra o Cruzeiro, no Mineirão. Mas já recebi a informação de que João de Deus irá a Belo Horizonte disfarçado para que possa entrar no Mineirão sem problemas.

Por Maria às 00h35

29/10/2009

Entre a cruz e a espada. Espada não, mala

O homem da mala branca trabalhou ou não trabalhou para Barueri derrotar o Flamengo? Essa é a grande pergunta da semana. Mas deixa eu ldizer  uma coisa a vcs. Lembram do spot que coloquei no início da semana denunciando o bolo que São Judas Tadeu levou do time rubro-negro, que não compareceu à basílica na data agendada para que os jogadores fossem abeçoados? Eu lembro. E pergunto: o que pesou mais a mala branca ou o bolo rubro-negro?

Querem minha opinião? Nem uma coisa nem outra. Dinheiro pago para um desonesto entregar o jogo pode dar resultado, mas para o honesto vencer não influi em nada porque ele entra em campo para vencer sempre. O bolo rubro-negro em São Judas Tadeu também não pesou contra a equipe  do Fla. O Santo Padroeiro, que vive num plano espiritual tão mais elevado que o nosso, não ajudaria um grupo a derrotar o outro.

 Portanto, rubro-negros,  São Judas Tadeu  protegerá vcs  e a torcedores de qualquer clube e em qualquer lugar: em suas casas,  no trabalho, na night (ou balada),  em sua basílica no Cosme Velho ou mesmo nos Arcos da Lapa onde o bicho pega.

Pelo menos, é  assim que eu penso. Se discordarem de mim, mandem seus recados. Para variar, acho que perderei fácil, hahaha.

Por Maria às 18h22

Que coisa feia...

O Cruzeiro teria dado dinheiro aos jogadores do  Barueri para vencerem o Flamengo, como afirmou Val Baiano após a partida.  Se for verdade, fica ruim para quem prometeu pagar e também para quem recebeu ou receberá. A gente espera que tudo não tenha passado de declaração inconsequente do jogador do clube paulista, talvez por ignorar a gravidade do problema. Mas uma coisa tem que ficar clara: o Barueri fez uma grande partida, teve méritos e dinheiro nenhum faz um time jogar  bem. Só joga bem quem sabe. Uma mala recheada de dinheiro não faz nenhum botinudo brilhar. 

Mas não custa apurar. A acusação é grave. 

Por Maria às 12h03

País abençoado

O Brasil é um país rico em muitas coisas. Tem petróleo, gás, vegetação, rebanhos de todos os tipos, é livre de catástrofes e por aí vai.  Precisa apenas aprimorar este trabaho de descobrir talentos principalmente no esporte. Em cada esquina de uma grande cidade ou mesmo no meio de uma cidade cercada de florestas, como na Amazônia, existem fenômenos a serem pinçados e trabalhados.

O maior exemplo disso  foi a descoberta do remador Aílson Eráclito da Silva , vice campeão do mundo na prova de single-skiff, categoria sub 23, e sexto na categoria aberta, em Poznan, na Polônia, há cerca de dois meses. Mas não custa relembrar para que este feito não seja esquecido e incentive cada vez mais a política de formação de atletas em todas as modalidades. O prório UOL, através do blog do José Cruz, mostrou o trabalho realizado pelo técnico Mansseh Barbosa em bela entrevista.  

Agora, inscrito no Botafogo, o Sucuri, como é apelidado por ser da região amazônica e engolir praticamente todos os adversários, poderá se aprimorar ainda mais e quem sabe se destacar Jogos  Olímpicos de 2016, no Rio. Ele tem talento natural e é praticamente imbatível quando compete na categoria peso-leve.

O site Sculler Brasil esteve na Polônia e também na Amazônia, onde visitou a Tuna Lusa, onde o remo é levado a sério e forjou Aílton, um grande campeão. E cá entre nós, remar e treinar em meio à floresta deve ser qualquer coisa.  

Four skiff treina na Amazonia e Aílson, o Sucuri, conversa com o dirigente Murad, momentos antes de conquistar medalha de prata no mundial sub 23, em Poznan, na Polônia

 

Por Maria às 11h45

São Paulo com sorte de campeão?

O São Paulo não está para brincadeira.  Derrotou o Internacional por 1 a 0, no Morumbi, e dormiu na condição de líder.  Mesmo que seja ultrapassado por Palmeiras e Atlético Mineiro, que , respectivamente, enfrentam Goiás, no Palestra Itália, e  Fluminense, no Maracanã, a equipe paulista mostrou ao menos sorte de campeão - será que isso existe mesmo? A partida foi disputada num ritmo forte e o Internacional  pressionou bastante, mas faltou-lhe competência para fazer o gol: criou inúmeras chances, mas esbarrou no goleiro Bosco. Washington marcou o único gol do jogo. Apesar da derrota, a equipe gaúcha se mantém no G4.

 Já o Grêmio derrotou o Avaí por 3 a 1 e melhorou um pouco a sua situação.Resultado que lhe permite sonhar perfeitamente terminar o Brasileiro entre os quatro primeiros e se classificar para a próxima Libertadores. Em termos  de título continua difícil .

Por Maria às 00h37

Procura-se um tal de Pet

O Flamengo decepcionou. Foi derrotado por 2 a 0 pelo Barueri (poderia ter sido por mais), perdeu invencibilidade de 10 jogos e caiu para a sexta colocação, já que foi ultrapassado pelo Cruzeiro, que derrotou o Santo André por 3 a 2. E mais: se o Palmeiras vencer o Goiás, no Palestra Itália, a equipe carioca ficará a seis pontos do líder.

 

Uma coisa ficou claríssima nesta partida:  sem Petkovic, o Flamengo não é o mesmo.  Transforma-se numa equipe comum, enrolada  e totalmente previsível . Falta-lhe criatividade... imaginação.  O futebol mostrado na Arena do Baruei pelos rubro-negos não é de um time que quer ser campeão. E o doce sonho com o título poderá se transformar num terrível pesadelo.

Por Maria às 00h30

28/10/2009

Botafogo ainda respira

O Botafogo respirou. Pelo menos por enquanto. Derrotou o Náutico por 1 a 0, com um gol de Juninho em cobrança de pênalti marcado num lance polêmico, e o Santo André perdeu para o Cruzeiro por 3 a 2. O detalhe é que nesta partida do Mineirão, o Santo André chegou aos 2 a 1, mas o Cruzeiro conseguiu virar o resultado no fim da partida. Se o Santo André vencesse, a equipe carioca permanceria na zona de rebaixamento. 

 Mas a situação do Botafogo é de alto risco. Está colado na zona de rebaixamento e seu próximo compromisso será contra o Internacional, no Beira Rio. O Santo André receberá o Grêmio em casa.  Náutico e Sport , fazem o jogo dos desesperados, domingo, nos Aflitos.

Por Maria às 23h31

Remada forte

Fabiana e Gibran, no Pan Rio      (foto Antonio Maria Filho)

O Flamengo se prepara para encerrar a temporada de remo em grande estilo. Líder da competição, com 531 pontos, é seguido por Vasco e Botafogo, respectivamente com 476 e 237 pontos. Detalhe : a última regata será dia 15 de novembro, data em que o clube rubro-negro comemora 114 anos de fundação.

 

Haverá uma grande festa na raia olímpica da Lagoa Rodrigo de Freitas e o Flamengo, que já está em vantagem na contagem de pontos, entra com favoritismo para quebrar a hegemonia vascaína, já que o Vasco conquistou o título do ano passado.

 

E antes mesmo de a temporada terminar, o Flamengo acertou a contratação dos remadores Gibran Vieira da Cunha e Fabiana Beltrame, da elite do remo brasileiro, com participações em Olimpíadas e em Jogos Pan-Americanos, entre outras competições internacionais. Os dois pertenciam  ao Vasco e segundo o site Scullerbrasil vários outros remadores também se transferiram para o clube rubro-negro. Portanto, a festa de aniversário promete. E na prova final da temporada, a do oito gigante, a guarnição rubro-negra competirá no barco Cacique Buck, batizado com este nome em homenagem ao lendário e vitorioso treinador já falecido.

 

 

Por Maria às 15h37

Bate coração

Corações de  sãopaulinos e colorados amanheceram hoje bem mais acelerados. As duas equipes, empatadas com 52 pts (o Inter leva vantagem por número de vitórias), jogam uma decisão.  E mais: o vencedor ficará bem demais e assumirá a ponta pelo menos até amanhã, ocasião em que Palmeiras (54 pts) receberá o Goiás, no Parque Antártica. Porém continuo apostando que o campeão não será conhecido antecipadamente. Está tudo muito embolado.

 

Favoritismo para este jogão não existe.  Se bem que o São Paulo foi a equipe que melhor se apresentou na rodada passada. Derrotou o Santos por 4 a 3, na Vila Belmiro, mostrando futebol veloz, competitivo, inteligente  e  tendo acima de tudo competência para fazer os gols. E olha que o Santos fez um partidaço, com destaque para Rodrigo Souto.

 

Portanto, um São Paulo x Internacional imperdível esta partida. Rogério Ceni, suspenso,  dará lugar a Bosco .

 

 

 

Outro jogo de arrepiar será Botafogo x Náutico, no Engenhão.  Será o confronto direito entre equipes que estão na degola.  O vencedor terá uma noite de sonho menos conturbada. Digo menos conturbada pq a vitória não resolverá definitivamente o problema de nenhum dos dois.

 

Até mais tarde, gente. Vamos comentar o que aconteceu.

Por Maria às 11h47

27/10/2009

Ghhhrrrrrrrrrrrrr

 

Vocês conhecem o atacante Hulk, que foi convocado por  Dunga para os amistosos que o Brasil disputará contra Inglaterra e Omã, dias 14 e 17 de novembro, em Doha? Eu, praticamente não nunca o vi jogar. Aliás uma única vez pelo Porto. Mas,  levando-se em conta nossa população de 200 milhões de habitantes, pouquíssimos torcedores brasileiros sabem de quem se trata. Givalnildo Vieira de Souza é o nome deste paraibano, de Campina Grande (belíssima cidade), que,  em 2005, com apenas 19 anos, foi vendido par o Kawasaki Frontale, que o revendeu para o Sapporo, que o repassou para o Tokyo Verdy.  Os portugueses o descobriram e o levaram para o Porto, clube pelo qual se sagrou campeão na última temporada.

 

 Se é bom (bom mesmo)? Não sei, o problema é que todo mundo é chamado de craque hoje em dia. Porém, como Dunga resolveu não convocar jogadores de equipes brasileiras neste momento decisivo da Série A, não custa observá-lo. Vamos torcer para que faça jus ao apelido de " Incrível Hulk". E para que se mantenha verde sempre... jamais amarelo.

 

Não podemos é deixar de ser exigentes. Os craques que tivemos nos acostumaram mal. Aliás, muitíssimo bem.

Para encerrar: não é nada demais considerar Hulk desconhecido do brasileiro. Givanildo poderia caminhar perfeitamente por qualquer grande avenida de nossas capitais (à exceção de Salvador) que o povo e nem os paparazzi o perturbariam.  Se entrar num shopping seria assediado? Claro que em Portugal ele sofre com os fãs. Mas aqui ainda não.

Por Maria às 13h00

Na hora do vamos ver...

Dois grandes e importantes confrontos neste meio de semana. Um pelo grupo dos que lutam pelo título: São Paulo x Internacional, empatados com 52 pontos e a dois do líder Palmeiras. E outro entre os formam a galera que vive o pesadelo da degola , o rebaixamento: Botafogo x Náutico.  Estes dois jogos merecem cuidados especiais porque são confrontos diretos entre clubes com o mesmo objetivo. Costuma-se dizer que são jogos de seis pontos porque o vencedor ganha três e  o perdedor deixar de somar três.

 

Os vencedores desses dois jogos darão importante passo para alcançarem o objetivo. Já o perdedor...  Ainda mais se o derrotado for o clube anfitrião. Se perder será desastroso imaginem em casa. Em razão disso, a pressão sobre São Paulo e Botafogo em termos de responsabilidade será bem maior.

 

Sinceramente este Campeonato, pelo menos antes da 32ª. Rodada  não dá prá apontar o campeão ou  os formadores do G4 , bem como quem está livre do rebaixamento.

 

Sorte para todos.   

Por Maria às 11h31

... quem vai decidir?

O Palmeiras tem  Diego Souza, mas seu artilheiro é Obina, com nove gols;  o Atlético Mineiro conta  Diego Tardelli, que é um dos artilheiros do Brasileirão, com 16; o Internacional  aposta nos gols de Alecsandro,  autor de 15, o São Paulo tem Washington como seu principal goleador, com 10.  Já o Flamengo, fora do G4, mas precisando apenas de três pontos para se igualar ao Verdão, conta o Adriano, que assim como Tardelli, tem 16 gols.

 

Estamos falando de goleadores porque na hora dos “vamos ver” quem sabe fazer gol leva vantagem. Em determinados jogos, um time massacra o outro, mas não tem competência para marcar. O que foi engolido aproveita a única chance e sai vencedor. Portanto, é importante sim ter quem faça gol.

 

Por isso, os goleadores que treinem, afinem a pontaria, não percam aquelas chances cara a cara com o goleiro e em muitas delas até com o gol vazio. Porque um golzinho pode valer o título. E o que a gente tem visto  de “craque” perder oportunidades de ouro...

 

Como toda regra tem exceção, não posso deixar de lembrar: em 2006, o São Paulo conquistou o Brasileiro e seu maior goleador foi o goleiro Rogério Ceni, com oito gols – assim como Lenílson.  Se bem que esta não vale, porque para mim, Rogério Ceni não é apenas um goleiro. Trata-se de um Monstro Sagrado.

 

No bom  e em todos os sentidos, claro .  Não custa lembrar que Ceni marcou o da vitória sobre o Santos na rodada passada em plena Vila Belmiro. Para sorte do Inter, ele está suspenso. Ahh esqueci, o Hernanes tá batendo falta...

 

Por Maria às 11h30

26/10/2009

Pecado mortal

São Judas Tadeu perdoai-nos pelo bolo do Flamengo

 

Na semana que antecedeu o clássico Flamengo x Botafogo, a diretoria rubro-negra agendou para hoje, segunda-feira,  uma visita  à Igreja do Santo Padreiro por toda a ajuda recebida,  procedimento tradicional do clube. O Flamengo venceu o Botafogo, entra de vez na briga pelo titulo  e vejam o que aconteceu: a visita foi cancelada para uma outra ocasião, ainda a ser marcada.

Mas fique certo "São Judas Tadeu" que o "Senhor" continua nos corações de todos os rubro-negros. E nos daqueles que não são.

 

Viva,  se chega uma nova informação agora, às 13 horas, vamos cantar:  "Aleluia... aleluia... alê... ê... lu... íaaaaa!!!!"

"Jogadores e comissão técnica receberão as bençãos de São Judas Tadeu na terça às 14.30h no campo da Gávea, antes do treino marcado para as 15 horas."  Amém!!!

Vale o pensamento do profeta: "Se a montanha não vai a Maomé, Maomé vai a montanha"
 
 

Por Maria às 12h29

Vai pegar fogo? Não... incendiou

Palmeiras, Atlético Mineiro, Internacional, São Paulo e Flamengo são, de fato, candidatíssimos ao título. O Cruzeiro  vem chegando, mas está a três pontos do clube rubro-negro e a seis do líder Palmeiras. É muita coisa? Não, não é. O problema é que a diferença do Verdão para o quinto colocado praticamente não existe.: são apenas três pontos. Agora, se me perguntarem qual foi a equie nesteue fim de semana que mostrou futebol de campeão, sem medo de errar eu aponto o São Paulo.

E explico: foi um time guerreiro, objetivo, lúcido, corajoso e superou  um Santos, na Vila Belmiro, que também fez uma grande partida. Vai jogar assim até a rodada final? Não sei.  Mas é bom lembrar: mesmo que o faça e derrotar todos os seus adversários, não ultrapassará o Palmeiras  ou  Atlético Mineiro, que  se enfrentam  na penúltima rodada e dependem apenas dos seus próprios resultados.

Portanto... essas rodadas finais serão eletrizantes.

Para quem é contrário ao regulamento de pontos corridos, o Brasileiro de 2009 mostra que esta fórmula é a mais justa. No mata-mata um time  pode se mostrar melhor que os outros ao longo da campanha, mas, se levar azar numa partida, ser prejudicado pela arbitragem num lance capital ou ter jogador importante covocado para a seleção e em razão de qualquer desses detalhes pode perfeitamente ser eliminado por um adversário de campanha bem inferior. Não é justo.

 

JOGOS DE CADA UM

 

PALMEIRAS – Goiás (casa), Corinthians (c), Fluminense (fora), Sport (c), Grêmio (f), Atlético Mineiro (c) e Botafogo (f).

 

ATLÉTICO (MG) – Fluminense (f), Goiás (f), Flamengo (c), Coritiba (f), Internacional (c),  Palmeiras (f),  e Corinthians (c).

 

INTERNACIONAL – São Paulo (f),  Botafogo (c), Barueri (f), Santos  (c),  Atlético MG (f), Sport (f) e Santo André  (c).     

 

SÃO PAULO  - Internacional (c),  Barueri (c), Grêmio (f), Vitória (c), Botafogo (f),  Goiás (f) e Sport (c).

 

FLAMENGO  - Barueri (f), Santos (c), Atlético MG (f), Náutico (f), Goiás (c), Corinthians (f) e Grêmio (c).

 

CRUZEIRO  - Santo André (c), Fluminense (c),  Sport (f), Grêmio (c),  Atlético PR (f),  Coritiba (c)  e Santos (f).

 

 

Na parte de baixo da tabela também está tudo embolado. Mas continuo a considerar que o Fluminense não evitará a queda. A luta pela sobrevivência será travada por Santo André, Náutico, Botafogo, todos com 32 pontos e, de certa forma, pelo Sport, com 29. O tricolor carioca, lanterna há algum tempo, tem apenas 27.

 

 

Do fundo do coração: "SORTE" para todos os que ainda lutam.

Por Maria às 10h09

25/10/2009

São Januário e a Princesa do Brinco de Ouro

Tapete vermelho para o Vasco, que, ao derrotar o Bahia, está de volta à Série A e com muitos méritos. Que me desculpem os matemáticos pela exatidão como analisam os fatos. Claro que eles têm que agir assim, matemática é matemática, uma  ciência exata. Mas como não sou matemático, não vejo possibilidade de o Vasco e o próprio Guarani caírem para a quinta posição e permancerem na Série B.

Portanto, gente. Que comecem a festejar em São Januário e no Brinco de Ouro, com Princesa e tudo.  Parabéns para Vasco, campeão em 2000, 1997, 1989 e 1974 e Guarani, campeão em 1978, com um timaço (Zenon, Renato e Careca, entre outros).

E que tenham muita competência e sorte (dentro e fora de campo).

Quem sabe estaremos saudando brevemente os donos das outras duas vagas, que, no momento, pertencem a Ceará e Atlético GO com alguma gordurinha sobre a galera do lado de fora do G4?

Saudações

 

Por Maria às 10h48

Sobre o autor

Antonio Maria Filho é jornalista esportivo desde 1970 e cobriu as últimas 9 Copas do Mundo. Esteve a serviço em duas Olimpíadas e dois Mundiais sub-20. Também marcante em sua carreira foi seguir todos os passos do Flamengo na conquista do Mundial Interclubes, em 1981, no Japão, na final contra o Liverpool.

Sobre o blog

Baseado no Rio de Janeiro, o Blog do Maria dirige o olhar treinado do experiente jornalista para o futebol atual e traz bastidores do mundo esportivo acumulados ao longo de quatro décadas de carreira.