Blog do Maria

01/05/2010

Vanderlei está bem perto de um título inédito

                                                          Uol

Vanderlei treina o Atlético pela primeira vez

O Atlético Mineiro pode até perder para o Ipatinga por um gol de diferença que conquistará o título mineiro. Como o jogo será no Mineirão, o Galo está com a mão na taça. Basta jogar sério.

Claro que os jogadores foram importantes e se superaram em momentos importantes, mas ninguém pode contestar a importancia de Vanderlei Luxemburgo como técnico do Atlético.

Embora seja muitas vezes contestado em razão de não abrir mão daquilo que considera certo e com ele não existe privilégios no grupo independentemente de ser ou não estrela, Vanderlei é certamente um dos técnicos mais vitoriosos da atualidade. Basta olhar o seu currículo. Aliás, falta-lhe um título com o Galo, clube que até então nunca havia treinado.

Títulos como treinador: Rio Branco (ES) - campeão capixaba:1983; Bragantino - campeão brasileiro série B:1989 e campeão paulista: 1990; Flamengo – campeão estadual:1991, e campeão da Taça Guanabara: 1995; Palmeiras – bicampeão brasileiro: 1993 e 1994,  Torneio Rio São Paulo: 1993; campeão paulista: 1993, 1994, 1996 e 2008; Santos – campeão brasileiro: 2004, Rio-São Paulo:  1997, e bicampeão paulista : 2006 e 2007;  Corinthians - campeão brasileiro: 1998, e campeão paulista: 2001; Cruzeiro – campeão brasileiro , da  Copa do Brasil e mineiro: 2003; Seleção Brasileira – Copa América: 1999, e Pré Olímpico: 2000.

Por Maria às 19h58

Neymar vai sem óculos e de olhos bem abertos

 

(Divulgação)

 

Neymar não precisará de óculos 

Acabaram-se as dúvidas: Neymar não usará óculos para enfrentar o Santo André, domingo, no Pacaembu, na decisão do título paulista.

Que bom: isso prova que a lesão foi inteiramente superada. Problema na vista pode até levar o jogador a encerrar prematuramente a carreira, como aconteceu com Tostão.

Por Maria às 18h38

Santos tem uma dúvida em relação a Neymar

A Selesantos tem apenas uma dúvida para a partida contra o Santo André: Neymar jogará com óculos ou sem óculos?

Portanto, gente, quem for ao Pacaembu assistirá a um jogão. Até porque, o Santo André tem um time guerreiro, de boa qualidade técnica e que ainda sonha com o título do Paulistão, mesmo sabendo que a equipe de Dorival Júnior pode até perder por diferença de um gol.

Para falar a verdade, o que começa a me preocupar é se a diretoria do Santos conseguirá manter este elenco para o Campeonato Brasileiro.

Os clubes europeus devem estar como o Zeca Pimenteira, aquele personagem de um programa humorística da televisão que levanta os óculos arregala os olhos e exclama: “Eu queria ter um time assimmmm”!!!!

Aí é que mora o perigo.

 

Por Maria às 11h29

Isenções fiscais para a Copa de 2014

Interessantes os detalhes publicados hoje na coluna Panorama Político, do Globo, sobre o projeto de Lei de isenções fiscais para a Copa do Mundo. Entre outras coisas, o bem informado colunista Ilmar Franco cita alguns ítens que ficarão livres de impostos para as empresas nacionais e estrangeiras ligadas ao megaevento.

Para deixá-los com água na boca, citarei pequeno trecho da coluna, que merece ser lida na íntegra pelos amigos blogueiros:

 “... A Fifa e toda a estrutura estrangeira e local ligada diretamente à Copa das Confederações de 2013 e à Copa de 2014 não pagarão impostos e taxas federais entre janeiro de 2011 e dezembro de 2015. A Fazenda estima que a renúncia será de R$ 500 milhões”.

 E por aí vai... 

Por Maria às 09h17

30/04/2010

Mulheres remadoras e atletas de verdade

                                                                                                      Divulgação  

    

   Camila Carvalho (Vasco)                    Fabiana Beltrame( Flamengo)            Gabriela Benitez (Botafogo)

Para homenagear Harry Klein, um dos maiores fenômenos do remo brasileiro e citado no post anterior, assim como todos os remadores e remadoras, lá vai uma notícia sobre a regata de domingo, na Lagoa Rodrigo de Freitas. 

Muitas são as atrações da segunda regata do Campeonato de Remo do Rio de Janeiro, programada para a manhã de domingo, na Lagoa. Porém, uma prova em especial tem tudo para ser a mais empolgante: a de single-skiff feminino.  

Pelo o que as remadoras têm mostrado nos treinos impossível apontar uma favorita. As principais estrelas da competição: Fabiana Beltrame, do Flamengo; Camila Carvalho, do Vasco; e Gabriela Benitez, do Botafogo.

O grau de intensidade dos treinamentos a que são submetidas é altíssimo. Se elas chegam a remar em torno de 20 quilômetros diariamente, fora do barco correm muitos quilômetros e trabalham a musculatura nos aparelhos especiais para o remo.

Saradas, sem nenhum gordurinha, poderiam servir de exemplo para alguns jogadores de futebol que fazem o querem, não dispensam uma noitada, ganham fortunas e não honram a camisa do clube.

Elas, ao conrfário, não faltam aos treinos, não reclamam de nada ou simulam qualquer tipo de problema para serem poupadas.

Camila, Fabiana e Gabriela, assim como todos remadores que formam as guarnições de seus respectivos clubes, só se irritam quando acordam cedo e se deparam com a Lagoa "virada", ou melhor, impraticável para se remar devido às rajadas de vento e altas marolas.

Fabiana é a mais experiente das três, mas o momento de Camila é muito bom, assim como o da paraguaia Gabriela, que, há poucos dias, participou da Regata de Piedilucco, na Itália, conquistando medalha de prata.

A prova do oito (peso-leve masculino), também promete e o Vasco entra com certo favoritismo.

 

 

Por Maria às 18h52

Viva Harry Klein

O Brasil é realmente um país sem memória esportiva. Numa matéria sobre estragos causados pela enchente do início do mês saiu no jornal de hoje a foto de um homem sentado num pedalinho. Como se trata de ilustríssimo personagem do nosso Esporte, tomei a liberdade de identificá-lo: trata-se de Harry Edmund Klein, um dos remadores mais consagrados do Flamengo, do Rio de Janeiro, do Brasil e da América do Sul.

Algumas de suas conquistas: primeiro lugar na petit-final dos Jogos Olímpicos do México (representa o sétimo lugar entre 34 participantes); uma medalha de ouro  e uma de prata de prata em Jogos Pan-Americanos; tetra-campeão sul-americano e heptacampeão brasileiro e campeão estadual mais de 10 vezes.

 

 

Por Maria às 12h12

Flu peça ajuda e bênção a João de Deus

Só milagre classifica o Fluminense para a próxima fase da Copa do Brasil. A derrota de 3 a 2 para o Grêmio, no Maracanã, na estréia de Muricy Ramalho, foi desastrosa.

Agora tricolores, só com a ajuda e a bênção de João de Deus porque o Grêmio, que dificilmente perde no Olímpico, pode até perder por diferença de um gol que se classifica para as semifinais da Copa do Brasil.

Mesmo sem Fred (sofreu crise de apendicite e foi submetido a cirurgia) e Conca (suspenso), o Fluminense começou bem e parecia mais solto que o Grêmio. Saiu inclusive na frente, com bela cabeçada de André Lima. A torcida se animou e fez a festa na arquibancada. Muricy também vibrou intensamente.

Mas no momento em que o Fluminense abriu a guarda, o Grêmio soube tirar proveito e chegou aos 3 a 1 (Douglas marcou dois e Jonas um). Quase ao final, Equi Gonzalez diminuiu.

Por Maria às 00h38

Palmeiras vence sob vaias de público recorde

Palmeiras venceu o Atlético Goianiense por 1 a 0, mas ficou devendo. E sua torcida inconformada com tanta dificuldade vaiou a equipe em vários momentos do segundo tempo, até porque o gol só aconteceu aos 49 minutos, através de um pênalti bem cobrado por Cleiton Xavier, no último lance do jogo.  

Se o Verdão não brilhou dentro de campo, o espetáculo ficou por conta da torcida, que lotou e proporcionou o maior público do ano no Palestra Itália (em torno de 25 mil pessoas).

A vitória permite que o Palmeiras se classifique para as semifinais da Copa do Brasil com um simples empate.

A lamentar, a atitude de Diego Souza, que, vaiado ao ser substituído, xingou os torcedores.

 

Por Maria às 23h26

29/04/2010

Raposa canta de Galo e devora o Nacional

A torcida da Raposa está de alma lavada. Se na véspera, pela Copa do Brasil, o Atlético derrotou o Santos por 3 a 2, Diego Tardelli marcou três gols e sua torcida festejou no Mineirão como há muito tempo não se via,  o Cruzeiro não fez por menos: ganhou do Nacional (URU) por 3 a 1, pela Libertadores, e os três gols foram marcados por Thiago Ribeiro, que não perdoou e esbanjou categoria. E há quem garanta que a festa da Raposa foi ainda mais animada do que a do Galo.

Resultado importante porque na partida de volta, em Montevidéu, o Nacional terá que vencer por 2 a 0 para eliminar o Cruzeiro.

Por Maria às 22h37

Mourinho: "toss... toss... toss"

    

Valdés, larga o gogó do Mourinho. Ele só queria comemorar com a torcida da Inter

 

Barcelona 1 x 0 Inter. Uma vitória para os catalães esquecerem. Como o Barça perdera por 3 a 1, em Milão, o resultado do jogo de volta não foi suficiente para garantir sua  classificação para a final da Liga dos Campeões.

Só que a imagem marcante em Camp Nou aconteceu depois que o juiz apitou o fim do jogo: no momento em que a torcida da Internazionale comemorava a classificação, o técnico Mourinho  correu em sua direção e ergueu um dos braços, para juntos festejarem.

Para o azar do português, o goleiro Victor Valdés passava por ali naquele instante, não gostou e o pegou pelo gogó.

Mas, para sua sorte, a turma do “deixa-disso” chegou rapidinho e evitou o pior.

Mourinho compreendeu a atitude do goleiro do Barça:

- Ele pensou que eu estava levantando os braços para a torcida catalã. Sou contra o que ele fez, mas o compreendo.

 

Por Maria às 09h31

Fla com 10 jogadores é melhor do que o Timão com 11

O Flamengo não quis saber e, com  apena10 jogadores (Michael foi expulso ainda no primeiro tempo), derrotou o Corinthians por 1 a 0, gol de Adriano de pênalti.

O destaque ? Bem, coloco como destaque o técnico Rogério Lourenço, que, embora tenha estreado sob forte pressão e na condição de interino, manteve o Flamengo melhor e nem parecia que estava com um jogador a menos.

Se empatar na partida de volta, em São Paulo, o Flamengo passa para as quartas de final da Libertadores.

O gol do Flamengo foi marcado por Adriano, em cobrança de um pênalti sofrido por Juan. Ronaldo pouco conseguiu.  

 

 Vasco perde e se complica

 

O Vasco ficou em situação complicada na Copa do Brasil: perdeu de 2 a 0 para o Vitória, em Salvador, e para se classificar precisará vencer por resultado ainda maior. A equipe baiana seguirá adiante na competição mesmo que perca por difereça de um gol. Renato e Neto Berola marcaram, um em cada tempo.

Os baianos comemoram o resultado e o fato de se manterem invictos diante do Vasco, no Barradão. Agora, são nove jogos sem perder: um empate e oito vitórias.

 

Por Maria às 00h19

28/04/2010

Empate do São Paulo tem sabor de classificação

Como empatou em 0 a 0 com o Univesitario, em Lima, pode-se dizer que o São Paulo está classificado para as quartas de final da Libertadores.

Na verdade, não está, mas impossível não derrotar a equipe peruana. Até porque, mesmo sem Richarlyson, que foi expulso, o São Paulo foi bem melhor que o time peruano e o jogo foi em Lima.

Como a decisão será no Morumbi, ou melhor: em casa, o São Paulo tem tudo para ganhar. Até porque atuará com 11 jogadores. Se não se classificar, podem me cobrar. 

Por Maria às 22h29

Brasil brilha na Liga dos Campeões

Messi? Hermano Messi que nada. O Internzionale perdeu para o Barcelona por 1 a 0, mas como venceu em Milão por 3 a 1, decidirá a Liga dos Campeões contra o Bayern de Munique. Detalhe: na partida disputada na Catalúnia só deu Júlio César, Maicon e Lúcio.

Portanto, saímos na frente na Copa da África do Sul, até porque o destaque do Barça foi Daniel Alves. E não Messi, que, deu apenas um belo chute a gol, muito bem defendido por Júlio César.

Viva o Brasil!!!! 

Que empolgação, né? Realmente, vamos baixar a bola e encarar a Copa com seriedade. E que todos se apresentem a Dunga em forma, ou pelo menos com o peso ideal.

Por Maria às 21h31

Que Adriano e Ronaldo consigam brilhar

O duelo Adriano x Ronaldo é o chamariz de Flamengo x Corinthians pelas oitavas de final da Libertadores. Incrível... não é?

O problema é que há algum tempo não lembram e não merecem os apelidos de Imperador e Fenômeno.

Futebol ninguém esquece, mas para que se possa desenvolvê-lo em sua plenitude é preciso estar em plena forma. Se não houver algum tipo de lesão, não é difícil recuperá-la. Basta querer. 

Uma pena, a Copa do Mundo está aí e o Brasil sentirá muito a falta da qualidade técnica, da força e do poder de decisão de ambos.

Resta-nos torcer para que joguem bem esta noite. Eu, pelo menos, torço por isso.

 

Por Maria às 11h41

27/04/2010

Mauro Galvão, dirigente do Vitória, foi capitão de um timaço do Vasco

                                                                                                   Netvasco

Em pé: Helton, Jorginho, Mauro Galvão, Gilberto e Júnior Baiano. Agachados: Edmundo, Felipe,

Ramon, Amaral, Romário e Juninho Pernambucano. Tem algum jogador "mais ou menos" na foto?

 

O Vasco enfrentará o Vitória (BA) pela Copa do Brasil, nesta quarta-feira, em Salvador. Dois detalhes deste confronto merecem ser lembrados.

O primeiro: o atual diretor de futebol do clube baiano é Mauro Galvão, ex-zagueiro e capitão de uma das melhores equipes da linda e gloriosa história do clube.

Do goleiro ao ponta esquerda a equipe era formada por jogadores de alto nível, tanto que no Mundial Interclubes de 2000, disputado no Brasil, o Vasco terminou invicto. Na final contra o Corinthians o resultado foi 0 a 0, mas na decisão por pênaltis os corintianos venceram por 4 a 3.

O segundo: o Vasco nunca venceu o Vitória no Barradão. Das oito partidas lá disputadas, o time baiano ganhou sete e empatou uma. 

Agora, independentemente do clube que a gente torce, temos que tirar o chapéu para essa equipe e até imaginá-la vestida com a camisa do clube do nosso coração.

Meu Deus, que timaço!

 

Por Maria às 14h06

Uma quarta e quinta de arrepiar. Só jogão

Como a Libertadores ainda está nas oitavas de final e falta muita coisa para a grande final, darei o meu palpite em relação aos jogos dos times brasileiros: claro Flamengo x Corinthians, quarta-feira, no Maracanã, é o mais empolgante de todos por ser o confronto dos clubes mais populares do Brasil. Além disso, a presença de Ronaldo Fenômeno será ingrediente importante já que a torcida rubro-negra não o perdoa por ter optado pelo Timão no momento de escolher o seu destino. E, apesar da crise que envolve o futebol rubro-negro, acho que vai dar Flamengo em razão de jogar em casa.

O São Paulo enfrentará o Universitário, em Lima, mas ainda assim sou mais a equipe de Ricardo Gomes, que, na pior das hipóteses garantirá o empate. 

A situação do Internacional, que enfrenta o Banfield, em Buenos Aires, é mais complicada. Com a derrota para o Grêmio, em pleno Beira-Rio, instalou-se um insuportável clima no clube colorado. Ou seja: muitos fatores contra e quase nenhum a favor.

O desafio do Cruzeiro que enfrentará o Nacional, na quinta, se torna um tanto complicado, porque sua torcida está inconformada em razão de a Raposa não disputar a final do Campeonato Mineiro.  Mas como o jogo contra o time uruguaio será no Mineirão,  o momento de reagir é agora. Até porque, se não vencer, um abraço. A partida de volta será em Montevidéu.

A Copa do Brasil terá jogos interessantíssimos esta semana: Atlético Mineiro x Santos, no Mineirão. Acho que o Galo vai bicar o Peixe. O time mineiro jogará em casa e a excepcional garotada santista que vem sendo um colírio em nossos olhos me parece dar sinais de desgaste.

O Vitória ganhará do Vasco no Barradão; e para mim o Palmeiras ficará no empate com o Atlético Goianiense, mesmo no Palestra Itália.

Fluminense x Grêmio, no Maracanã, será decidido nos detalhes. Mas a presença de Muricy Ramalho no estádio terá o efeito de um forte estimulante. Como a primeira impressão é a que fica, a boleirada vai correr muito.  

A Liga dos Campeões também pega fogo, Lyon e Bayern de Munique jogam daqui a pouco. Mas considero Barcelona x Internazionale, amanhã, no Camp Nou, como uma final antecipada da competição. Sendo assim, como a equipe de Júlio César, Maicon e Lúcio, entre outros bons jogadores, venceu o primeiro jogo por 3 a 1, vai para o jogo de volta com boa vantagem. E aí, praticamente, colocará a mão na Taça.

 

Por Maria às 11h51

Chega mais Muricy, tá tudo dominado

                     

                     "Ih mermão, o tal do carioquês é hilário pra dedéu"

 

Muricy Ramalho deu um show de simpatia na sua chegada ao Fluminense, o astral foi o melhor possível e aposto no sucesso dele não só no clube tricolor como no Rio de Janeiro.

E não tenho dúvida de que Muricy gostará do time montado por Cuca: a equipe é jovem, mas tem personalidade e qualidade técnica para passar da defesa ao ataque tocando a bola, jamais através de chutões. Claro que precisará de ajustes, mas o tricampeão brasileiro dará um toque todo especial.

Mas, como qualquer pessoa recém-chegada à cidade, ele  certamente estranhará o "carioquês" e não me custa lhe dar algumas dicas. Mesmo tendo jogado no América nos anos 80, de lá para cá muita coisa mudou.

Por isso, preste atenção Muricy, te direi o que anotei na minha prancheta. Vamos lá:

Se algum jogador mandar um Aí brother” ou  “Aí brôu”, ele simplesmente quis dizer: “Ô mano”!

Quando num papo sobre o time adversário você ouvir: “Ihh, o carinha é sinistro”. Coloca alguém grudado neste carinha sinistro porque ele deve ser fera.

Não se espante se alguém expulso ao passar por você exclamar: “Qualé, titxer, o fariseu deu o maó caô, o mané embarcou e eu dancei”. Tradução: o jogador simulou a falta professor, o idiota (o juiz) acreditou e eu fui expulso.

Para encerrar "titxer", se escutar na rua: “Aí galera... lá vem o bonde... vamo ralá e sartá fora que é arrastão"... se manda professor porque uma gangue da pesada se aproxima para atacar quem estiver pela frente.

Muricy, claro que estou brincando, você domina o carioquês perfeitamente.

Seja bem-vindo não só ao Fluminense, mas ao futebol carioca e ao Rio de Janeiro.

 

Por Maria às 23h49

26/04/2010

E se Luxemburgo estivesse no Flamengo?

                                                                                      UOL

                       

                           Com Vanderlei não tem mais ou menos.Se

                           o número é seis, é seis e fim de papo   

 

 Não acreditei no que li hoje: Vagner Love gritou “é brincadeira... é brincadeira” na porta do vestiario porque passara mal e não como protesto pela demissão de Andrade.  

Aí eu pergunto: E então qual seria a razão daquela batucada dentro do vestiário no momento em que a presidenta Patrícia Amorim, do lado de fora, comunicava à imprensa a razão do choque de ordem?

De repente, vão explicar que foi a forma encontrada pelos jogadores para reanimar o companheiro adoentado.

Por essas e outras, o Atlético Mineiro está muito bem servido com Vanderlei Luxemburgo. E que não o deixe sair tão cedo.

Vanderlei tem forte personalidade e até se desgasta por isso, mas é o tipo do cara para enfrentar situações como a do Flamengo. Ele bate de frente com qualquer um, mesmo com grandes estrelas.

E, como Vanderlei entrou na história do Vagner Love e ele não tem nada com isso, aproveito para parabenizar o Atlético Mineiro que derrotou o Ipatinga por 3 a 2, no Ipatingão, e está com a mão na taça, bem como o Ipatinga pela brilhante campanha. Lembrando apenas que falta um jogo para campeonato mineiro terminar.

 

Por Maria às 12h03

25/04/2010

Botafogo festeja o título e Joel Santana

A festa pela conquista do Campeonato Estadual foi completa. Joel Santana pisou no gramado do Engenhão aclamado pelos torcedores e o  Corinthians não conseguiu jogar água no chope alvinegro porque o Botafogo venceu por 3 a 1. Os gols foram marcados por  Loco Abreu, Edno e Herrera. Souza diminuiu

O amistoso pouco serviu para as observações de Rogério Lourenço, o novo técnico do Flamengo. O Corinthians entrou em campo com o time reserva, bem diferente do que será escalado por Mano Menezes para a partida de quarta-feira, pelas oitavas de final da Libertadores.  

Por Maria às 20h40

Muricy... balada no Rio é night e semáforo, sinal

               

                 Muricy mantenha sempre este belo sorriso

 

O Fluminense contratou um grande treinador: Muricy Ramalho. Entre os muitos títulos conquistados ele tem em seu curriculo um tricampeonato brasileiro como técnico do São Paulo.

A torcida tricolor ainda inconformada com a demissão de Cuca tem que dar as boas vindas ao novo treinador, que não tem nada com isso e sabe das coisas.

Uma dica para Muricy: a garotada tricolor é boa de bola e bem comportada.

Por Maria às 19h30

Grêmio com a mão na taça

O Grêmio derrotou o Internacional por 2 a 0 (gols de Rodrigo e Borges), em pleno Beira Rio e deu importante passo para conquistar o título gaúcho: a finalíssima de domingo será no Olímpico e sua equipe pode até perder por diferença de um gol - uma situação parecida com a do Santos, no Paulistão.

Se o técnico Silas está em alta, o mesmo não se pode dizer em relação a Jorge Fossati, que .

Pelo andar da carruagem, nenhuma outra música será tão cantada quanto  ‘Até a pé nós iremos...”.

Por Maria às 18h57

Pintou o campeão do Paulistão. Quem será?

O Santos suou para derrotar o Santo André por 3 a 2, no Pacaembu. Mas está com o título nas mãos:  conquistará o Paulistão mesmo se perder por diferença de um gol. O local da partida será o mesmo.

As duas melhores equipes do campeonato fizeram  um jogaço.

O Santo André saiu na frente (gol de Bruno César), continuou jogando ofensivamente e terminou o primeiro tempo em vantagem.

O Santos voltou mais ligado para a etapa final. André, que substituiu Neymar (problema na vista), empatou e Wesley marcou os outros dois gols. 

Mesmo perdendo por 3 a 1 e ainda tendo Toninho expulso, o Santo André não desistiu nunca e Rodriguinho diminuiu a vantagem.

Por Maria às 18h44

O futebol agradece Santos x Santo André

         

André        Neymar     Ganso      Robinho                             Rodriguinho

12                 12             11          5 gols                                    14 gols

Quem comprou ingresso para assistir Santo André x Santos, no Pacaembu, certamente não se arrependerá.

Este primeiro jogo da decisão do Campeonato Paulista tem todos os ingredientes para se transformar num espetáculo de alto nível porque estarão em campo duas equipes que buscam o gol ao longo dos 90 minutos.

Se o Santos marcou 61 gols no Paulistão e tem Neymar, André, Ganso e Robinho como principais estrelas, o Santo André já balançou 45 vezes as redes adversárias (perde apenas para o Santos neste ítem) e contará com Rodriguinho, o seu grande artilheiro, autor de 14 gols. Portanto, como não apostar num grande jogo?

 

 

 

Por Maria às 12h59

Sobre o autor

Antonio Maria Filho é jornalista esportivo desde 1970 e cobriu as últimas 9 Copas do Mundo. Esteve a serviço em duas Olimpíadas e dois Mundiais sub-20. Também marcante em sua carreira foi seguir todos os passos do Flamengo na conquista do Mundial Interclubes, em 1981, no Japão, na final contra o Liverpool.

Sobre o blog

Baseado no Rio de Janeiro, o Blog do Maria dirige o olhar treinado do experiente jornalista para o futebol atual e traz bastidores do mundo esportivo acumulados ao longo de quatro décadas de carreira.