Blog do Maria

24/07/2010

Vasco vence e dorme bem colocado

O Vasco acordou na zona de rebaixamento, mas ao derrotar o Atlético Goianiense por 2 a 0, em São Januário, foi dormir na 12a. posição, bem distante daquela região maldita.

Os três pontos foram importantíssimos, mas para o torcedor vascaíno se tranqüilizar serão necessários muitos outros três pontos. Até porque os resultados de domingo poderão levar o Vasco a perder algumas posições.

A partida foi equilibrada e o resultado não disse o que foi o jogo. A equipe goiana exigiu muito do goleiro Fernando Prass, que teve bola na trave e ainda defendeu um pênalti. Os gols do Vasco foram marcados por Nilton e Fumagalli.

Já o Atlético Mineiro ficou devendo e ainda teve dois jogadores expulsos: o estreante Daniel Carvalho e Neto Berola. O empate em 0 a 0 com o Avaí, na Ressacada, deixou o Galo na 17ª colocação, mais precisamente: entre os quatro últimos colocados.

Se o Avaí vencesse iria dormir no G4 e como a partida foi em casa, sua torcida teve motivos de sobra para voltar triste para casa.

Grêmio Prudente e Vitória também ficaram no 0 a 0 e permanecem na zona intermediária da tabela.

 

Por Maria às 21h38

Corinthians mostra toda sua grandeza

Time invadiu a sala de entrevistas para abraçar Mano Menezes

 

 

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, e o diretor de futebol, Mario Gobbi, deram uma demonstração de grandeza neste episódio em que Mano Menezes assumiu o comando da seleção brasileira.

Para os dois dirigentes, por sinal corintianos como poucos, o clube perde um grande profissional, mas por uma causa nobre.

Leiam  e analisem o que eles disseram mesmo sabendo que o clube estava perdendo um grande profissional.

Andrés Sanchez: “A seleção brasileira é top. Não poderia prejudicar uma pessoa, principalmente alguém que ajudou tanto o Corinthians. Era o sonho dele”.

Mario Gobbi: “Quero registrar o orgulho de todos do Corinthians em ver o nosso técnico ser escolhido para a seleção brasileira. Para nós não foi supresa,já que conhecemos a capacidade de liderança e o caráter de Mano”. 

A alegria dos jogadores ao invadirem a sala de entrevistas para felicitar Mano Menezes também foi uma atitude das mais nobres. Se intimamente lamentavam a perda do amigo, estavam felizes pelo sucesso dele.

Por Maria às 19h26

Com vocês, Mano Menezes

                                                                     (Divulgação)

Mano se popularizou no Timão. Cercado por Chitãozinho,

Cléo Pires e Xororó, ele já até cantou no programa "Altas Horas"

 

Era visível a emoção de Mano Menezes ao anunciar que não apenas aceitava o desafio, mas o quanto se sentia honrado por ser lembrado para a seleção brasileira.

E mais emocionado ficou quando vários jogadores do Corinthians, entre eles Ronaldo Fenômeno, Roberto Carlos e Dentinho, entraram na sala de entrevistas para saudá-lo e festejá-lo.

O primeiro pronunciamento do novo técnico da seleção brasileira:

"Realmente esses microfones fazem parte de momentos importantes de minha vida, como aconteceu no dia da minha apresentação aqui no Corinthians. E que, por volta das 19h30m de ontem, recebi o convite oficial da Confederação Brasileira de Futebol. Gostaria de comunicar para todo Brasil que a partir de agora assumo o comando técnico da seleção brasileira. Tivemos uma conversa longa. O presidente Ricardo Teixeira me expôs todo o projeto para 2014. Fiz questionamentos importantes para fazer uma análise e pesar as coisas.

E é isso gente. Vim aqui confirmar que aceito o convite que o presidente  da CBF me fez . Para mim é um fato inteiramente novo.

Ser técnico da seleção é motivo de muito orgulho para mim. A maioria dos técnicos do Brasil gostaria de estar no meu lugar e isto dá uma idéia de como é importante o cargo de técnico seleção.

E não tenho dúvidas de que minha trajetória como treinador foi mais rápida do que eu pensava. Tenho por linha não fugir de convites importantes, entendo que chegou a hora. E para mim é motivo de muita satisfação e orgulho.

Até domingo vou continuar respeitando ao máximo o meu trabalho no Corinthians. Até o último minuto da partida contra o Guarani.

E se sou o segundo da lista estou bem colocado, ainda mais porque o primeiro foi Muricy a quem aprecio muito em todos os sentidos".

 

 

 

 

 

Por Maria às 11h59

23/07/2010

Habemus Papa: Mano Menezes

Até que se prove o contrário, a solução aconteceu rápida ao extremo, como num passe de mágica.  E a fumaça branca que surge no Vaticano sempre que o novo Papa é escolhido, certamente saiu pela chaminé da CBF : Mano Menezes aceitou o convite de Ricardo Teixeira para tocar o projeto de renovar a seleção brasileira.

Que Mano seja vitorioso à frente da seleção, caso não haja uma reviravolta, né? Tudo pode acontecer.

O comunicado da CBF

"O presidente Ricardo Teixeira convidou Mano Menezes para ser o técnico da Seleção Brasileira. O convite foi feito em conversa no início da noite desta sexta-feira, e Mano Menezes anuncia a sua decisão na entrevista coletiva que será promovida pelo Corinthians, amanhã, em São Paulo. 

Mano Menezes fazia parte de uma relação de três treinadores, elaborada ainda na África do Sul, e teve seu nome ratificado depois da conversa com Ricardo Teixeira, quando se mostrou afinado com o projeto de renovação traçado pela CBF para a Copa do Mundo de 2014. 

- Conversei com muitas pessoas, assisti a debates em vários programas esportivos e ouvi também torcedores para chegar a três nomes. O que determinou a escolha foi o entendimento de que é necessária uma imediata renovação na Seleção Brasileira, o que o Mano Menezes iniciará já na convocação para o amistoso do dia 10 de agosto contra os Estados Unidos.

Nesse sentido, Mano Menezes atende plenamente ao projeto traçado pela CBF. Técnico que conquistou o respeito pelo seu trabalho à frente do Grêmio e agora no Corinthians, marca a sua trajetória pelo equilíbrio e tem como característica o fato de aproveitar e lançar jovens jogadores.   

 Na conversa que teve com Mano Menezes, Ricardo Teixeira assegurou que o técnico terá o apoio irrestrito para exercer sua tarefa, como sempre aconteceu com todos os profissionais que trabalharam na Seleção Brasileira na sua administração.

- O mais importante na escolha é o senso comum da importância da renovação que será posta em prática. Tenho a absoluta confiança de que esse trabalho será feito com sucesso nessa trajetória que terminará em 2014".

 

Por Maria às 21h23

Quem será o regra três de Muricy?

O Fluminense não liberou Muricy para a seleção brasileira. Bom profissional, o técnico manterá o compromisso assumido com os dirigentes tricolores. Resta saber se o clube irá prestigiá-lo até dezembro de 2012 caso os resultados não apareçam. Até porque, o rodízio de treinadores no clube tricolor nos últimos anos é impressionante. Em 2009, lá trabalharam Renê Simões, Gilson Gênio (interino), Carlos Alberto Parreira, Vinícius Eutrópio (interino), Renato Gaúcho e Cuca; em 2008: Renato Gaúcho, Cuca e Renê Simões; em 2007: PC Gusmão, Joel Santana, Vinicius Eutrópio (interino) e Renato Gaúcho; em 2006: Ivo Worthmann, Paulo Campos,Osvaldo de Oliveira, Josué Teixeira (interino), Antônio Lopes e PC Gusmão.

Muricy foi recomendado para não falar antes da partida contra o Botafogo, domingo.

A CBF aguarda uma comunicação de Muricy Ramalho para então se pronunciar. A impressão é que a CBF levou uma tremenda saia justa do Fluminense.

E, pelo que estamos vendo, a entidade terá que correr atrás de outro treinador porque nestes próximos dias acontecerá a convocação da seleção para o amistoso contra os Estados Unidos, dia 10 de agosto, em New Jersey.

Perguntar não ofende: Quem será o reserva para substituir o titular Muricy?

Por Maria às 17h18

Muricy é o novo técnico do Brasil

Muricy Ramalho aceitou o convite feito por Ricardo Teixeira e é o novo técnico da Seleção Brasileira. Caberá a ele a missão de renovar o elenco visando a Copa do Mundo do Brasil, em 2014.

A experiência, os títulos conquistados por onde passou e a seriedade como comanda suas equipes foram as principais virtudes para  a CBF contratá-lo. 

Em tempo: Não acredito que o Fluminense impeça Muricy de assumir a seleção brasileira. Trata-se de uma "causa nobre"  e não uma simples mudança de clube. Além disso, o rodízio de treinadores que acontece no Fluminense é um dos maiores do país. Um exemplo oportuno: em dezembro de 2009, Cuca assinou contrato de um ano com o Fluminense. Quatro meses depois foi demitido e Muricy Ramalho o substituiu.

Por Maria às 11h55

Muricy é o preferido

Muricy Ramalho é o preferido da CBF para assumir o comando da seleção brasileira. Neste momento 11h10m ele está sendo consultado por Ricardo Teixeira e deve aceitar. O primeiro adversáro do Brasil sob o comando do novo treinador será a seleção dos Estados Unidos, dia 10, em New Jersey.

Que o Fluminense contrate logo o sucessor.

Por Maria às 11h17

Brasileirão e time tricolor ? É com Muricy mesmo

Ninguém pode negar que o Fluminense deve a liderança do Brasileiro a Muricy Ramalho, um técnico com fama de durão, mas que se mostra inteiramente à vontade nas Laranjeiras e querido por todos os jogadores.

A vitória de 1 a 0 sobre o Cruzeiro foi difícil, a equipe mineira dirigida por Cuca parecia melhor.

Mas como todo time dirigido por Muricy é guerreiro, o Fluminense marcou o seu gol, com cabeçada do zagueiro Leandro Euzébio e soube garantir o resultado.

No final da partida, não poderia ser diferente: Muricy deixou o campo aclamado pela torcida tricolor, que tem todo direito de sonhar com o título. Afinal, Campeonato Brasileiro é com Muricy mesmo, que foi tricampeão com um outro time  tricolor... o São Paulo (2006, 2007 e 2008), o tricolor paulista.

 

Botafogo parecia derrotado, mas empatou

Pode-se dizer que o Botafogo conseguiu um milagre: depois de um 0 a 0 no primeiro tempo, Marcos Assunção fez 1 a 0 para o Palmeiras no primeiro minuto da etapa final, Kleber aumentou aos 12 e parecia que nada mais restava ao Botafogo.

 Mas não foi bem assim. A equipe de Joel Santana não se intimidou: Jobson diminuiu aos 24 e dez minutos depois o zagueiro Antônio Carlos empatou, provocando silêncio assustador de início e depois vaias no Pacaembu.

O empate não foi resultado desastroso para nenhuma das equipes, que subiram uma posição na tabela. O Palmeiras é o 10º colocado e o Botafogo o 15º.

Na outra partida da noite, o Ceará enfrentou o Guarani, em Campinas, saiu na frente com um  gol marcado por Ernandes, mas Ricardo Xavier empatou. Se vencesse, o time cearense estaria com os mesmos 21 pontos do Corinthians, o vice-líder da competição. Mas continua no pelotão de cima: é o terceiro colocado.

 

Por Maria às 00h11

22/07/2010

Palmas para Geisa Arcanjo, um verdadeiro fenômeno

IAAF

Geisa arremessa o peso e se consagra

Não posso deixar de homenagear Geisa  Arcanjo, 18 anos, que entrou para a história do atletismo brasileiro. Aliás, para a história do esporte brasileiro.

No Campeonato Mundial Juvenil, que está sendo disputado em Moncton, no Canadá, ela conquistou medalha de ouro na  prova de arremesso de peso, superando as chinesas Qianqian Meng, que liderava o ranking, e Shuang Cui.

O arremesso de Geisa chegou a  17,02m, enquanto a chinesa ficou nos 16,94m. Emocionada ao final da prova, Geisa deu a volta olímpica com a bandeira brasileira, sendo muito aplaudida.

Geisa é atleta do ASA-Sertãozinho e a Confederação Brasileira de Atletismo aposta no sucesso desta jovem campeã nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.

Parabéns Geisa e que você sirva de exemplo para nossa juventude e tenha condições de continuar brilhando.  

Por Maria às 02h17

Que rodada! O líder perde para o lanterna

Que rodada esquisita. Analisem comigo:

1 - O líder Corinthians – e até que se prove o contrário é treinado pelo técnico da seleção brasileira - foi derrotado pelo lanterna Atlético Goianiense por 3 a 1.  Se o Fluminense derrotar o Cruzeiro no Maracanã tira o Timão da liderança. E não podemos esquecer que o árbitro Gutemberg de Paula Fonseca inventou um pênalti para o Timão, a diferença era de apenas um gol, mas Chicão desperdiçou.  

2 - O Santos, de Robinho, Neymar & Cia. Ltda perdeu de 2 a 0 para o vice-lanterna Atlético Paranaense, que agora é o 15º colocado.

3 - O Flamengo parecia embalado. Jogou no Maracanã e empatou com o Avaí em 1 a 1, desperdiçando excelente oportunidade de encostar-se aos líderes.

4 - O Atlético Mineiro perdeu para o Internacional em Sete Lagoas por 2 a 1 e agora é o penúltimo colocado do Brasileirão, enquanto o time gaúcho alcançou o G4. 

5 - Grêmio e Vasco empataram em 1 a 1, no Olímpico, e, como castigo, permaneceram na zona do rebaixamento.

6 - O São Paulo não consegue vencer nem mais no Morumbi: ficou no 1 a 1 com Grêmio Prudente.


Por Maria às 00h50

21/07/2010

Leão em fúria no Barradão

O que aconteceu logo depois do apito final no jogo  Vitória 2 x 2 Goiás, no Barradão, é inconcebível. As cenas de violência explícita do atacante Rafael Moura, que agrediu um radialista baiano e a fúria do técnico, que também partiu para a briga e precisou ser contido e domado pelos jogadores do time goiano, não cabem mais e servem apenas para manchar o futebol brasileiro.

Estejam certos que as cenas do conflito serão mostradas por este mundo afora. Até porque os agressores receberam voz de prisão depois da partida.

 

 

 

 

Por Maria às 22h47

Qual é o problema do Morumbi?

Estou com o governador de São Paulo, Alberto Goldman. O Morumbi tem que ser escolhido como o estádio para o jogo de abertura da Copa. Aliás, uma posição que defendo no blog há algum tempo. 

Não consigo entender toda esta confusão. Cá entre nós: entre construir um estádio e apenas reformar um que vem sendo usado há anos e sem maiores problemas, o que é mais viável?

Infelizmente, a reunião entre o governador de São Paulo e o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, não deu em nada.


 

Por Maria às 13h40

O Fla está fervendo. Volta Patrícia

Quando a presidenta do Flamengo, Patrícia Amorim, regressar dos Estados Unidos, onde passa as férias com os filhos, encontrará o Flamengo envolto numa temperatura idêntica a de um caldeirão há muitas horas no fogo.

Situação e oposição estão antagônicos quanto a demissão do goleiro Bruno antes da decisão final da Justiça, como determinou Patrícia Amorim depois de consultar vários juristas.

Só que não vai parar por aí: ex-dirigentes não aceitam as colocações de que o Flamengo está com a imagem arranhada pelos problemas que envolveram jogadores no noticiário policial, já que conquistou o tricampeonato estadual e o Brasileiro do ano passado.

Que os dirigentes se entendam e que as discordâncias terminem. Volta logo Patrícia.

 

Por Maria às 12h00

20/07/2010

Para com isso São Paulo

Até entendo, mas não concordo com o protesto do São Paulo em razão de a Fifa antecipar a abertura da janela de transferências de jogadores, atendendo uma solicitação da CBF.

O protesto do São Paulo se deve porque o pedido partiu do Internacional e, com a liberação da Fifa, o clube gaúcho poderá usar os reforços contra o São Paulo nas semifinais da Libertadores.

Só que a medida não ajudará apenas o Internacional. Outros clubes brasileiros também aguardavam a liberação e comemoraram .

O Vasco, por exemplo, contratou Felipe, Carlos Alberto, Éder Luís, Irrazabal e Felipe Bastos. O Fluminense trouxe Belletti e Emerson. O Atlético Mineiro terá Daniel Carvalho, o Corinthians contará com o goleiro Bobadilla, do Independiente de Medellín e o Cruzeiro acertou com Montillo, do Universidad de Chile, entre outros clubes que se beneficiaram.

Além do mais, a CBF tem mesmo é que ajudar os clubes brasileiros junto à Fifa.

O São Paulo é grande demais para se preocupar com isso.

Em  tempo: Claro que sou contrário a se rasgar regulamento de uma competição. Mas antecipar a posse de um atleta não tem nada a ver com a competição. O que sou contra é um clube investir, comprar um jogador, como tantos fizeram  e não poder usá-lo imediatamente. A própria Fifa pensou assim e antecipou a liberação. Acho o seguinte, o que eu compro numa loja e levo para casa, é meu, deixa de ser da loja e pronto. E o que é meu, posso usar  quando quiser. Se eu comprar um casaco e quiser usá-lo no verão, nada me impedirá. Apenas isso.

Por Maria às 18h42

Fla tem Marcelo Lomba, ainda bem

O caso "Bruno" continua complicado dentro e fora do campo. Ou melhor: dentro e fora da delegacia.

Na delegacia "indoor", nada resolvido. As duas delegadas foram afastadas do caso porque o Fantástico exibiu com exclusividade reportagem (som e imagem) do jogador explicando episódios ligados ao desaparecimento de Eliza Samudio, coisa que os delegados não conseguiram porque o goleiro "só falará" em juízo. Além disso, as versões divulgadas pelos acusados têm muitos pontos divergentes e a cada dia que passa nada é desvendado e aumenta o número de envolvidos.

Na delegacia "outdoor": nenhuma novidade e o que se vê é Bruno entrando e saindo de delegacias. O Flamengo, segundo alguns dirigentes, anuncia que o goleiro só será demitido após a conclusão do processo. Mas a presidenta Patrícia Amorim, conforme anunciou sua assessoria, garantiu não voltará atrás em sua decisão de demitir o goleiro.

Mas os torcedores rubro-negros não precisam se preocupar porque Marcelo Lomba, 23 anos, e criado na Gávea, tem sido destaque nos jogos do Flamengo. 

 

 

Por Maria às 12h50

19/07/2010

Futebol paulista agradece ao Corinthians

O Corinthians se mantém na liderança por mais uma rodada. Mesmo tendo vencido o Atlético Mineiro (1 a 0) é inegável que precisa melhorar. Mas ninguém pode contestar sua posição na tabela: trata-se do único invicto da competição e até que se prove o contrário a Fiel está à vontade para não aceitar qualquer tipo de crítica dos rivais paulistas.

A razão é simples: o que mais se aproxima do Coringão é o Guarani, atrás oito pontos; Santos, Palmeiras e Grêmio Prudente vêm a seguir com nove pontos de diferença e ainda mais afastado está o São Paulo, com 10 pontos a menos. Portanto...

No momento, a preocupação corintiana são  os clubes de outros estados: Fluminense, Ceará, Cruzeiro, Flamengo e Avaí

O quadro pode mudar? Acho que sim, mas não custa lembrar que vamos para a décima rodada quase um terço do Brasileirão.

 

Por Maria às 12h11

Cuidado Neymar, a fama é traiçoeira

As fâs de Neymar enlouqueceram ao vê-lo no shopping

A longa caminhada pela estrada do futebol me ensinou muitas coisas. Uma delas está relacionada à fama repentina vivida por jogadores, principalmente os ainda bem jovens. Alguns sabem administrá-la, outros não. O louco assédio do torcedor pode fazer bem, mas também o mal. O perigo é quando a estrela se sente acima do bem e do mal.

Não é o caso de Neymar, mas ele me parece um tanto desconcentrado. Ele tem jogado bem, mas já pude vê-lo bem mais decisivo. 

Acho que ele precisa se concentrar mais no futebol e saber que em razão do status alcançado será mais exigido a cada dia que passa. Ganso me parece mais centrado.

Sinto-me à vontade para analisar o momento de Neymar porque sou um dos seus milhões de admiradores. Aposto no sucesso dele e o queria na seleção que disputou a Copa da África.

Posso estar enganado e nada disso estar acontecendo com ele. De repente, por se sentir na obrigação de brilhar em todos os jogos em razão dos muito elogios, fica prejudicado.

Só acho que cabe ao Santos estar atento para que seu diamante seja bem lapidado.

 

Por Maria às 12h00

18/07/2010

Alan fez gol. Neymar e Robinho não. Flu: 1 a 0

O Fluminense foi à Vila Belmiro e se Robinho, Neymar, André e Ganso não conseguiram marcar para o Santos, Alan fez o único gol da partida e deu a vitória ao time tricolor, que, agora, ocupa a segunda colocação.
Muricy Ramalho sabe que seu trabalho está apenas no início e que tem muita coisa para deixar o Fluminense no ponto. Mas uma coisa o deixa entusiasmado: a dedicação de todos os jogadores.
A torcida também acredita, mas aguarda com ansiedade as apresentações de Belletti e de Deco.

 

Por Maria às 22h02

Fla e Cruzeiro dividem lugar no G4

O Flamengo derrotou o Atlético Goianiense por 1 a 0, no Serra Dourada, e ocupa a quarta colocação junto com o Cruzeiro - o clubes estão empatados em todos os critérios de desempate.

E se não é o Flamengo dos sonhos da torcida rubro-negra, já que perdeu jogadores importantes e não conseguiu ainda reforços importantes, não se pode negar o espírito de luta e a determinação da equipe rubro-negra, que tem mostrado ser um time que corre atrás dos resultados.

A vitória foi difícil  sim, mas os três pontos foram conquistados, graças ao pênalti bem cobrado por Petkovic e das grandes defesas do goleiro Marcelo Lomba, o principal destaque do time.

O Cruzeiro, também em quarto, derrotou o Goiás por 1 a 0, gol de Gilberto, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas.

Já o Botafogo  recebeu o Guarani no Engenhão, empatou em 1 a 1, soma 10 pontos, um a mais que o Vasco, que continua na zona de rebaixamento.

 

 

Por Maria às 21h55

Felipão viu de perto o tamanho do problema

Felipão estreou no comando do Palmeiras e sentiu bem de pertinho, à beira do campo, o quanto terá que trabalhar para que a família palmeirense possa sonhar com título.

Não se trata de um críica gratuita, apenas uma constatação: com um jogador a mais durante todo o segundo tempo, o Palmeiras não teve competência para se impor e o Avaí venceu por 4 a 2.

Pior: o jogo terminaria empatado em 2 a 2, mas aos 45 do segundo tempo, Léo cometeu um pênalti, foi expulso, e o Avaí marcou o terceiro. E, dois minutos depois ainda aumentou.

A partida foi na Ressacada. E daí?

Por Maria às 21h32

Fla cuidado com o reforço de peso

Como o Milan exige 10 milhões de Euros para liberar Ronaldinho Gaúcho, o sonho do Flamengo de contratar o craque cai por terra.

De qualquer maneira, como Assis e Ronaldinho Gaúcho conversarão com os dirigentes itaianos nestes próximos dias, é esperar para ver.

Que o Flamengo comece a pensar num outro reforço de peso. Aliás num outro reforço. Esta palavra "peso" lembra balança e Adriano exagerava neste ítem... foi um reforço sempre muito acima do peso. 

Por Maria às 12h38

Sobre o autor

Antonio Maria Filho é jornalista esportivo desde 1970 e cobriu as últimas 9 Copas do Mundo. Esteve a serviço em duas Olimpíadas e dois Mundiais sub-20. Também marcante em sua carreira foi seguir todos os passos do Flamengo na conquista do Mundial Interclubes, em 1981, no Japão, na final contra o Liverpool.

Sobre o blog

Baseado no Rio de Janeiro, o Blog do Maria dirige o olhar treinado do experiente jornalista para o futebol atual e traz bastidores do mundo esportivo acumulados ao longo de quatro décadas de carreira.