Blog do Maria

14/08/2010

Fla continua sem tempero

O Flamengo recebeu o Ceará no Maracanã, venceu por 1 a 0, mas continua devendo.

Claro que a vitória foi importante, seu adversário só havia perdido duas partidas e é a equipe que menos gols sofreu (apenas sete) no Brasileiro e chegou inclusive a liderar o Brasileiro.

Ainda assim, a Nação Rubro-negra quer mais. O gol de Petkovic, aos 44m do primeiro, aconteceu em cobrança de pênalti.

Leandro Amaral e Renato Abreu precisam e vão melhorar. Até porque, são profissionais ao extremo e continuarão correndo atrás do melhor de si. Só que o problema do Flamengo precisa ser resolvido "ontem".

A vitória diante do Ceará foi apertada, mas quebrou o jejum de quatro jogos sem vitória.

A torcida, com toda razão, quer mais.

 

  

 

Por Maria às 22h42

Verdão vence Furacão e Felipão perde para o juiz

Felipão... no dia em que o Palmeiras conquista a primeira vitória sob o seu comando, você é expulso?

Mas deixa para lá. O Palmeiras derrotou o Atlético Paranaense por 2 a 0, no Pacaembu, e pulou da 13ª posição para o 9º Lugar. Já o Furacão continua encostado na zona do rebaixamento.

Agora é embalar. Os gols do Verdão foram marcados por Danilo, aos três minutos do primeiro tempo, e Ewerthon, aos 30 do segundo, ambos em jogadas de Tinga.

O segundo gol do Palmeiras aliviou a torcida do Verdão e, principalmente Felipão, que já não estava mais na área técnica do treinador. Minutos antes reclamara demais da arbitragem e acabou expulso por Wilton Pereira Sampaio.

 

 

Por Maria às 22h23

O Galo cantou de galo

O Atlético Mineiro derrotou o Guarani por 3 a 1, no Ipatingão, mas continua na zona de rebaixamento.

De qualquer maneira, o resultado pode marcar o início da recuperação do Galo, que em 14 rodadas foi derrotado nove vezes: Grêmio Prudente, 3 x 0; Vitória, 4 x 3; Fluminense, 3 x 1; Grêmio, 2 x 1; Ceará, 1 x 0; Corinthians, 1 x 0; Internacional, 2 x 1; Cruzeiro. 1 x 0; e Botafogo, 3 x 0.

Hoje, pelo menos no segundo tempo, o time de Vanderlei Luxemburgo mostrou um pouco da sua força. Principalmente Diego Tardelli, autor de dois gols.

Ao que parece, a seleção brasileira lhe fez muito bem. O outro foi marcado por Obina. Mazola diminuiu já nos acréscimos.

Os gols de Tardelli, no entanto, foram contestados pelo pessoal do Bugre, por considerar o atacante adiantado. Lances de difíceis interpretações.

 

Por Maria às 21h49

Botafogo: da crise a uma soneca no G4

Há três rodadas, o Botafogo empatou em 1 a 1 com o Fluminense, entrou na zona do rebaixamento e a crise passou a rondar General Severiano. Aí, venceu o Vitória por 3 a 1, o Atlético Mineiro por 3 a 0 e ao derrotar hoje o Atlético Goianiense, no Serra Dourada, por 2 a 0 (gols de Somália e Jobson), dormirá no G4.

Detalhe: o gol de Jobson foi parecido com o de Alexandre Pato na vitória do Brasil sobre os Estados Unidos, também por 2 a 0

Crise é uma coisa de três rodadas atrás. Hoje, torcida, diretoria, comissão técnica, massagistas, roupeiros e toda equipe estão em festa.

E não para menos, foi uma escalada sensacional e mesmo que saia do G4 após os jogos de domingo, já se pode dizer que o Botafogo entrou na briga por uma vaga no G4, que lhe garante vaga na Libertadores. Parece que o time de Joel acordou.

Vamos ver o que acontecerá daqui a três rodadas.

 

Por Maria às 20h40

A hora e a vez de Leandro Amaral e Renato

 

No Maracanã: Leandro Amaral estréia no Flamengo e Renato faz a sua reestréia

 

Daqui a pouco, Flamengo x Ceará. Um jogo importantíssimo para os dois times. A partida será no Maracanã e o Vozão está no G4 (é o 3º. colocado), com vantagem de quatro pontos.

E o que considero fundamental: uma equipe que entra no Campeonato Brasileiro visando o título, como é o caso do Flamengo, sua posição tem que ser no pelotão da frente, a poucos pontos do líder. E no momento a diferença para o Fluminense é de 12 pontos, o que considero muito, levando-se em conta que só foram disputadas 13 rodadas.

Já o Ceará tem que vencer para não se afastar demasiadamente do líder.

Embora o apoiador Renato não esteja na plenitude de sua forma, aposto que será um dos destaques nesta partida. Trata-se de um jogador de qualidade e terá no meio de campo como companheiros Petkovic, jogador de visão incrível, e Corrêa e William, dois guerreiros.

Por falar em Renato, não posso deixar de elogiar a profissionalismo do apoiador: ao final do treino desta sexta-feira, treinou cobrança de faltas até não agüentar mais: foram mais de 40 chutes. Aliás, atitude rara atualmente. Poucos jogadores têm esse tipo de preocupação. Um deles é Rogério Ceni.

Leandro Amaral há um ano sem jogar, também está escalado.Que ele consiga recuperar seu futebol. 

 

 

Por Maria às 13h04

Fogão poderá dormir no G4

                                                                                         (Uol)

De prancheta na mão, ele encarna mesmo o "professor" Joel 

 

 

 

O Botafogo de Natalino Santana, o Joel da prancheta, parece que decolou de vez. Maicosuel e Jobson deram mais força ao ataque alvinegro.

A partida será contra o Atlético Goianiense, no Serra Dourada e a vitória possibilitará ao Botafogo dormir no G4, sonhando com título.

Mesmo levando-se em conta que o Internacional (4º. Colocado) tem uma partida a menos, há algumas rodadas o Botafogo ainda lutava para se afastar da zona de rebaixamento.  

Portanto, ascensão importante.

Por Maria às 12h55

13/08/2010

Santos vive a hora da verdade

O interesse do Chelsea por Neymar é real, os ingleses querem o jovem talento santista, mas direi apenas o seguinte:

1 - se o presidente Luís Álvaro Ribeiro exigir o pagamento da multa rescisória de 35 milhões de euros, o Chelsea terá que pagar. Nada adiantarão as reuniões dos ingleses com representantes do jogador;

2 – ainda assim, se os ingleses pagarem a quantia estipulada em contrato, Neymar continuará no Santos se assim desejar. O Chelsea pode oferecer o dobro, o triplo dos 35 milhões de euros ou muito mais do que isso porque a última palavra é do jogador.

Sendo assim, o velho ditado “quem tem paga, quem não tem bate palma” não cabe neste caso. A não ser que o Santos aceite menos, coisa que eu não acredito.

E por falar em Santos... sem Robinho e André, além de começar com Neymar e Ganso no banco, o Peixe levou um banho do Avaí, no Pacaembu, perdeu por 3 a 1, e praticamente deu adeu à Copa Sul-Americana.

E que o problema sofrido por Neymar no final do jogo não seja grave.

 

 

Por Maria às 11h40

12/08/2010

Seria Neymar um peixe-voador?

Ganso não adianta você segurar Neymar se te fisgarem também (Uol)

Onde há fumaça há fogo. Apesar de o presidente do Santos, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, garantir que tudo não passa de fantasia, tão logo terminou o amistoso Brasil 2 x 0 Estados Unidos, recebi informação que o Chelsea estaria disposto a pagar o que o clube santista pede por Neymar.

Como esta discussão já acontece há algum tempo sem que nada tenha sido resolvido, preferi aguardar mais um pouco. Mas, ao que parece, a probabilidade de Neymar ser negociado para o Chelsea é imensa. Infelizmente para todos nós – santistas ou não –, porque nos privaremos de acompanhar de perto a evolução do jovem craque.

Pelo que me disseram, a atuação de Neymar diante dos Estados Unidos foi decisiva para os ingleses aumentarem a proposta.

Vamos acompanhar os próximos capítulos e ver se o Santos conseguirá impedir o vôo do seu maior craque, desde que compense de alguma forma o que os ingleses oferecem a Neymar.

E depois do que aconteceu em New Jersey, em termos de Santos, Ganso poderá ser o próximo.

Por Maria às 10h01

Chivas estranhou o piso sintético. O Inter, não

Se eu fosse o presidente Vitorio Piffero colocava piso sintético no Beira Rio.  Por incrível que pareça, quem pareceu estranhar foi o Chivas Guadalajara, o dono da casa. 

O Internacional jogou à vontade, tocou a bola como quis sobre a grama artificial, dominou inteiramente a partida e mesmo sofrendo um gol no último lance do primeiro tempo não se incomodou: voltou ainda melhor para a etapa final e virou o resultado através de Giuliano e Bolívar. A vitória por 2 a 1 não disse o que foi o jogo. Era para ter sido por resultado ainda maior.

A segunda partida será na próxima quarta-feira. Claro que a torcida colorada vai lotar o Beira-Rio para festejar a conquista da Libertadores.

Pela Copa Sul-Americana, Felipão continua sem vencer com o Palmeiras. Desta vez, o Verdão perdeu de 2 a 0 para o Vitória, no Barradão, e no jogo de quinta-feira terá que vencer por três gols de diferença. Os gols foram marcados por Ramon e Neto Coruja.

Já o Atlético Mineiro venceu o Grêmio Prudente por 1 a 0, no Ipatingão, e se classificou para a próxima fase da sul-americana. Ricardinho fez o gol nos acréscimos: aos 48m.

Por Maria às 00h13

11/08/2010

Novo Brasil encantou o Mundo

A seleção de Mano Menezes mereceu elogios do mundo inteiro pela vitória de 2 a 0 no amistoso contra os Estados Unidos, terça-feira, em New Jersey.

Ela encantou principalmente pelo toque de bola, criatividade, bem como pela forma desembaraçada como os jovens jogadores se comportaram diante de uma seleção formada há mais tempo e que jogava em casa.

Vamos lá:

O New York Times preferiu elogiar a seleção brasileira e  o que ela representa em termos de futuras conquistas do que propriamente criticar a equipe dos Estados Unidos.

O outro americano Marin Independent Journal, da Califórnia, destacou Neymar e Alexandre Pato na vitória do "novo Brasil" e que o resultado foi justo.

A Gazzeta dello Sport fez rasgados elogios a Paulo Henrique Ganso, bem como à dupla de atacantes formada por Alexandre Pato e Neymar.

O espanhol Marca destacou Mano Menezes como principal responsável pela qualidade do futebol exibido pela seleção brasileira.

E muito mais... 

 

Por Maria às 22h02

Aposto no Inter de Celso Roth

Time por time, técnico por técnico, sou muito mais o Internacional nesta luta contra o Chivas Guadalajara pela conquista da Libertadores.
O maior problema para a equipe de Celso Roth será a grama artificial do Estádio Omnilife. O quique da bola é diferente e ela se torna mais rápida depois de bater no piso sintético. Naturalmente, seria importante período de adaptaçao (o que é impossível).
Ainda assim, o Internacional decidirá em casa e se fizer um golzinho em Guadalajara, a conquista  se tornará menos complicada.
Mas é bom lembrar que para chegar às finais, o Chivas empatou em casa com Universidad de Chile  em 1 a 1, parecia difícil sua classificação. Mas na partida em Santiago, venceu por 2 a 0. Futebol é um joguinho cheio de surpresas. 


Por Maria às 13h08

Como essa garotada fez falta na Copa

Finalmente, matei a saudade que sentia do verdadeiro futebol brasileiro. A seleção de Mano Menezes não precisou  treinar para exibir aquela arte que encantou o mundo.

A vitória do Brasil sobre os Estados Unidos foi soberba. Não vimos jogadas ensaiadas, até porque não houve tempo para ensaiá-las, mas nem precisou. Quem sabe jogar e tem qualidade não precisa ensaiá-las. Simplesmente improvisa na hora. E foi o que aconteceu.

A seleção começou um tanto indecisa, mas logo logo se aprumou e colocou os americanos na roda.

Neymar fez 1 a 0 com bonita cabeçada no contrapé do goleiro Howard e Pato marcou o segundo mostrando categoria ao driblar o goleiro. Pato teve ainda um gol anulado. No primeiro tempo.

O olhar do técnico Bob Bradley era o de uma pessoa incrédula com o que via. E com inteira razão: aos 7m do segundo tempo, por exemplo, em outra bela jogada o ataque brasileiro colocou a defesa americana na roda e no chute de Robinho, a bola bateu na trave.

Uma jogada de Neymar logo a seguir foi tão bonita que mereceu aplausos até de torcedor americano.

 Mais aplausos Neymar recebeu ao ser substituído por Éderson, que entrou aos 27m e aos 28 sentiu a coxa direita e deu lugar a Carlos Eduardo.

Pouco depois Ganso acertou a trave dos Estados Unidos em belo chute.

A 10 minutos do fim, Robinho foi substituído por Diego Tardelli.

Sem Neymar, Pato e Robinho a seleção perdeu um pouco de sua qualidade, mas continuou absoluta e Carlos Eduardo perdeu um gol feito na pequena área.

Aos 44m, Ganso deu um elástico em Gomez e quase marcou. Em seguida foi substituído por Jucilei. Daí em diante o Brasil ficou trocando passes até o fim. Não conhecia o zagueiro David Luiz e gostei.  

O resultado ficou nos 2 a 0, mas a vitória poderia ter sido por resultado mais amplo. E não podemos esquecer que a seleção americana  está formada há muito tempo, disputou a Copa do Mundo. ainda assim foi simplesmente atropelada.

 

Por Maria às 23h28

10/08/2010

Hoje é dia de gritar: "Brasil !!!!"

                                                                                         (Divulgação)

Mano Menezes orienta Thiago Silva como se colocar numa jogada de bola parada

Admiro e acredito no sucesso de Mano Meneses e considero importantíssimo este projeto de rejuvenescimento da seleção brasileira.

Aos poucos ou totalmente como optou Mano, precisamos passar uma borracha no que aconteceu na Copa da África do Sul.

Porém, temos que estar preparados caso sejamos surpreendidos pela seleção dos Estados Unidos. Não é pessimismo, gente. Nunca fui pessimista, apenas realista.

E explico: nosso time nunca jogou junto e sequer disputou um coletivo, ao contrário da seleção ianque, que é a mesma do mundial passado e chegou às quartas de final, como primeira colocada do Grupo C, que tinha a “toda poderosa” Inglaterra. Se a campeã do mundo Espanha perdeu para a Suiça na estréia, os americanos não perderam nenhuma partida no tempo normal. Primeira fase: 1 x 1 Inglaterra, 2 x 2 Eslovênia, 1 x 0 Argélia. Oitavas-de-fial: 1 a 1 Ghana (tempo normal), e 0 x 1 (prorrogação) .

Portanto, alguma qualidade os americanos têm. O técnico Bradley é o mesmo da Copa e o grupo convocado para o amistoso é praticamente igual.

O último confronto entre brasileiros e americanos aconteceu na final da Copa das Confederações. O Brasil venceu por 3 a 2 depois de estar perdendo por 2 a 0. Os gols brasileiros foram marcados por Luís Fabiano (dois) e Lúcio.

Não podemos é achar que está tudo errado em caso de um tropeço.

 

Por Maria às 11h32

09/08/2010

Que a seleção atenda Cazuza e Moraes Moreira

                                                                                                                       (Divulgação)

Mano Menezes, em New Jersey, no primeiro treino da seleção brasileira de cara nova

 

A seleção brasileira e o próprio técnico Mano Menezes darão amanhã, contra os Estados Unidos, o pontapé inicial nesse projeto de renovação da equipe para a Copa de 2014.

Portanto, chegou a hora de o Brasil mostrar sua cara, como Cazuza levou o país inteiro cantar sua composição com parecerias de Nilo Romero e George Israel.

Acho importantíssima a renovação e, embora acredite que o Brasil possa vencer o time ianque, se o jogo fosse da loteca eu faria uma aposta tripla.

A gente não pode esquecer que essa seleção entrará em campo sem um treino forte sequer e o pessoal está sendo juntado pela primeira vez. Isso pesa muito.

Mas independentemente do resultado ficarei feliz em ver Neymar, Ganso, André e Hernanes atuando juntos na seleção brasileira.

E já que iniciei o assunto com Cazuza, encerrarei o papo lembrando Moraes Moreira ao cantar "Chegou a hora dessa gente bronzeada mostrar o seu valor", de Assis Valente. 

Se a garotada mostrar sua cara e o seu valor será maravilhoso.

Todos merecem estrear com o pé direito.

 ,

 

Por Maria às 11h36

O que acontece com Galo e Grêmio?

O Fluminense é o líder do Brasileiro. Venceu nove partidas, empatou e perdeu duas vezes. Soma 29 pontos ganhos. O que eu não consigo entender: como grandes e tradicionais clubes de altos investimentos podem ficar tão distantes do primeiro colocado.

O Atlético MG, por exemplo, comandado por Vanderlei Luxemburgo, um excepcional treinador, tem apenas 10 pontos ganhos, quase a terça parte do líder e em 13 jogos foi derrotado nove vezes.  No momento, é o vice-lanterna. Supera apenas seu xará de Goiás. Mesmo sem conquistas expressivas em termos nacionais e de ter disputado e vencido a série B em 2006, tem estrutura para montar um time bem mais forte do que esse. E cá entre nós, a culpa não é só do treinador.

O Grêmio é o outro exemplo expressivo: soma 12 pontos, 17 a menos que o Fluminense e só vendeu dois jogos. Sua história está marcado por um título mundial interclubes (1983), duas Libertadores (1983 e 1995), Recopa Sul-americana (1996), Campeonato Brasileiro (1981 e 1996), Copa do Brasil (1989, 1994, 1997 e 2001) e muito mais.

Tudo bem que futebol não tem lógica, mas clube de tradição e bem estruturado não pode disputar uma competição importante de forma tão bisonha.

Alguma coisa está errada com eles. Palmeiras, São Paulo, Vasco e Flamengo também estão distantes dos líderes, se bem que o Vasco se transformou e não perde há seis rodadas

Por Maria às 11h02

08/08/2010

Flu canta e Silas "dança" no Olímpico

O Fluminense de Muricy continua embalado na liderança. Foi ao Olímpico e derrotou o Grêmio por 2 a 1, mesmo jogando desde os 16m do segundo tempo com um jogador a menos: Fernando Bob recebeu o segundo amarelo e foi expulso. E, com muita fibra o tricolor carioca resistiu ao assédio do tricolor gaúcho e assegurou a vitória.

Seus gols foram marcados por Mariano e Emerson aos 16 e 18m do primeiro tempo. André Lima diminuiu a dois minutos do fim e Washington quase marcou o terceiro ao acertar a trave de Marcelo Grohe nos acréscimos.

A animada torcida do Fluminense comemorou o resultado cantando e dançando na arquibancada do Olímpico. Silas, no entanto, não resistiu a mais uma derrota e acabou “dançando”. Ou melhor: foi demitido do Grêmio após a derrota, que mantém a equipe gaúcha na zona do rebaixamento.

 

Timão vence uma equipe de camisa azul-amarela 

Olha pessoal, não sou Flamengo, mas digo uma coisa: se fosse, ficaria irado todas as vezes que a equipe entrasse em campo com a camisa azul-amarelo, que não tem nada a ver com o Flamengo.

Mas o problema do Flamengo não é a camisa e não foi por causa dela que perdeu de 1 a 0 para o Corinthians, diante de quase 40 mil torcedores.

Mas poderia perfeitamente empatar: se Elias marcou aos 39m do primeiro tempo, nos acréscimos da fase inicial, o azul- amarelo Cristian Borja desperdiçou uma chance incrível.

O resultado, no entanto, foi justo. Houve inclusive um lance polêmico em que Jorge Henrique foi derrubado por Léo Moura dentro da área, mas o árbitro Heber Roberto Lopes considerou normal.

A vitória deixou o Timão encostado no líder Fluminense. Já o Flamengo permanece em 10º lugar, mas agora 12 pontos afastado da equipe tricolor.

Rogério Lourenço que se cuide.

 

Vasco de PC Gusmão é irresistível

O Vasco conquistou histórica vitória em São Januário, O capitão Carlos Alberto foi expulso nos acréscimos do primeiro tempo e o time passou toda etapa final com um jogador a menos e teve que se desdobrar para segurar o 1 a 0, conseguido através do gol de Zé Roberto.

O etapa final foi  sufocante, mas o Vitória nada conseguiu superar o Vasco, que teve inclusive chances de aumentar, através de contra-ataques sempre perigosos.

Terminada a partida, a torcida vascaína festejou com entusiasmo, reconhecendo o espírito de luta de todos.

A expulsão de Carlos Alberto aconteceu de forma inaceitável. Após receber uma falta, o apoiador queria que o árbitro mostrasse amarelo para o jogador do time baiano. E caminhou em direção do juiz  com o dedo em riste. Acertadamente, Wallace Nascimento lhe o cartão amarelo. Não satisfeito, Carlos Alberto continuou aplaudindo e aí recebeu o vermelho.

Ainda assim, o Vasco de PC Gusmão teve brios e superou tudo com muita garra.

"Papai" Felipão fica sem presente

 O Palmeiras é que não consegue vencer com o Luiz Felipe Scolari. A escrita poderia terminar nesta partida disputada no Serra Dourada: o Verdão vencia por 1 a 0, gol de Ewerton, mas aos 45m do segundo tempo, Marcos Assunção marcou contra.

E lá se foi a vitória tão sonhada pelo paizão Scolari, que a pedira de presente aos jogadores no Dia dos Pais. 

Agora, Felipão já começa a se preocupar com a Segundona. A situação do Palmeiras não é tão crítica assim, mas o time precisa acordar.

 

Por Maria às 19h46

O tricolor Deco

   

Deco foi campeão pelo Porto, Barcelona e Chelsea. Agora vai comandar o Fluminense

Independentemente do resultado do jogo desta tarde no Olímpico e de a competição não ter chegado à sua metade, pode-se dizer que o líder Fluminense é forte candidato à conquista do brasileiro.

Se fora de campo a equipe tricolor é regida por Muricy Ramalho (tricampeão nacional pelo tricolor paulista), a partir de agora o maestro dentro do gramado será  Deco, jogador inteligente e reverenciado no mundo inteiro.
Como foi para o Benfica ainda muito jovem (20 anos) – antes, integrou o time de juniores do
Corinthians e passou pelo CSA (Maceió) – o torcedor brasileiro só o conheceu mesmo quando Deco trocou o Benfica pelo Porto, onde conquistou inúmeros títulos.

Depois, na Espanha, Deco foi campeão pelo Barcelona e em seguida foi contratado pelo Chelsea, da Inglaterra.
Vale postar uma notinha que publiquei em agosto de 2002 , na qual mostrava o quanto era querido e amado o nosso ilustre desconhecido.

 “O amor é lindo!

O brasileiro Deco, que atua no Porto,  completou 25 anos esta semana. Sua
namorada resolveu lhe fazer uma surpresa: contratou um avião que sobrevoou o
local onde o time treinava e despejou um monte de pétalas de rosa. E mais: o
pequeno aparelho exibia uma faixa: ''Deco: feliz aniversário. Te amo".

Por Maria às 11h53

Sobre o autor

Antonio Maria Filho é jornalista esportivo desde 1970 e cobriu as últimas 9 Copas do Mundo. Esteve a serviço em duas Olimpíadas e dois Mundiais sub-20. Também marcante em sua carreira foi seguir todos os passos do Flamengo na conquista do Mundial Interclubes, em 1981, no Japão, na final contra o Liverpool.

Sobre o blog

Baseado no Rio de Janeiro, o Blog do Maria dirige o olhar treinado do experiente jornalista para o futebol atual e traz bastidores do mundo esportivo acumulados ao longo de quatro décadas de carreira.