Blog do Maria

28/08/2010

Botafogo perde jogo e lugar no G4

“Pra jogar aqui tem que ter coragem” disse Joel Santana ao final do primeiro tempo, referindo-se às dificuldades que a equipe alvinegra encontrou no Beira-Rio. O Internacional já vencia por 1 a 0 (gol de Leandro Damião),

Veio o segundo e nada mudou. O Internacional continuou melhor que o Botafogo. Para piorar, Jobson sentiu o músculo da coxa, teve que sair e o resultado ficou no 1 a 0 mesmo.

A vitória do Internacional foi justa. Mas para mim, não faltou coragem ao Botafogo, faltou competência. Principalmente no final do primeiro tempo, quando algumas chances foram criadas, mas todas desperdiçadas.

Como o Internacional não tem nada com isso, comemorou os três pontos conquistados e a entrada no G4. Já o Botafogo caiu do 3º para o 5º lugar.

Na próxima rodada, o Botafogo enfrentará o Grêmio Prudente, que empatou em 2 a 2 com o Ceará, em Fortaleza. A partida será no interior paulista.

 

Por Maria às 22h04

Vasco hesita e empata com Cruzeiro

O Vasco saiu na frente com belo gol de Zé Roberto, mas não conseguiu segurar o resultado. Nos acréscimos do primeiro tempo veio o empate: Thiago Ribeiro chutou, a bola desviou depois de  bater no zagueiro Fernando e entrou.

Chances não faltarm para Vasco e Cruzeiro chegarem ao segundo gol, mas desperdiçaram as chances e ficaram no 1 a 1.

Como a partida foi em São Januário seria importante o Vasco conquistar os três pontos. Ainda assim, ganhou uma posição e vai dormir em oitavo lugar. Amanhã, tudo pode mudar.

O técnico PC Gusmão se mantém invicto no Brasileiro.

Por Maria às 21h40

Santos vence com Ganso no coração

O Santos derrotou o Goiás por 2 a 0, gols de Zé Eduardo (um golaço) e Alan Patrick, ambos no segundo tempo.

Porém, o espetáculo mais bonito do Pacaembu foram as homenagens prestadas pela Nação Santista a Paulo Henrique Ganso.

A torcida gritava o nome do ídolo a todo instante. O time entrou em campo com uma faixa dando conta que a camisa 10 era dele, Ganso, operado hoje e que só voltará aos campos no próximo ano. E não ficou nisso: ao marcar o primeiro gol, Zé Eduardo correu para uma das câmeras de TV e o dedicou ao companheiro.

A partida foi complicada para o Santos no primeiro tempo. Depois, na etapa final, o time se acertou e chegou ao resultado. Se bem que Neymar perdeu um pênalti , o quinto desperdiçado em oito penalidades cobradas. A partir de agora, não será mais o cobrador oficial do Santos, que é o terceiro colocado. 

 

Por Maria às 21h28

Pobre futebol brasileiro

Depois da queda de Rogério Lourenço, que foi demitido do Flamengo, um outro treinador caiu: Emerson Leão não é mais técnico do Goiás.

O troca troca de treinadores no futebol brasileiro é uma prova de como a grande maioria dos clubes planeja mal. 

Pode-se dizer que, para a maioria dos clubes, a reunião realizada antes de a temporada começar, não vale para nada. Isto porque, em pouco tempo muda tudo: o técnico anunciado como solução ou Rei da Cocaca é demitido logo logo; e jogadores importantes acabam negociados para o exterior em meio à competição, deixando os torcedores frustrados e os técnicos na mão..

Dos 20 clubes da Série A, apenas cinco não mudaram de técnico nestas 16 rodadas: Atlético Mineiro (Vanderlei Luxemburgo), Botafogo (Joel Santana), Fluminense (Muricy Ramalho), Vagner Mancini  (Guarani) e Dorival Júnior (Santos).

 

Errata: Sorry gente, de início saiu que Leão foi demitido do Vitória (sic), errei feio, desperdicei um pênalti daqueles que acontecem no último minuto. Os leitores Alexandre e Beto me deram um toque e consertei. E olha que assisti a Flu x Goiás, gostei de ver Muricy e Leão trocando abraços à beira do campo, antes de o jogo começar. ´Mas é aquele negócio, uma distraçãozinha, tome erro!!!! abrs 

Por Maria às 00h12

27/08/2010

E Rogério Lourenço caiu

A queda de Rogério Lourenço não vai solucionar os problemas do Flamengo. Claro que ele está começando a carreira de treinador, não tem a rodagem de outros profissionais, mas não é o responsável pelo mau momento rubro-negro. A verdade é que desde que Adriano e Vagner Love saíram, o time rubro-negro se apagou.

Mas a demissão do técnico é a forma mais fácil para  justificar maus resultados.

Como disse no post anterior, Zico até pensou em mantê-lo para que ele pudesse contar com a dupla de atacantes Diogo e Deivid – este último ainda não começou a treinar. Mas as pressões eram imensas.

Só acho que em vez de o Flamengo gastar com técnicos do primeiro escalão, pagando salários acima de R$ 500 mil, poderia investir em jogador bom.  

Vanderlei Luxemburgo e Felipão, pra lá de consagrados, não conseguem fazer Atlético MG e Palmeiras decolar.

Sem time, não adianta. Isso já aconteceu com Muricy Ramalho, que agora brilha à frente do bom time  tricolor. Não faltam exemplos: o próprio Andrade, apontado como um dos heróis da conquista do Brasileirão e escolhido melhor técnico da competição, foi detonado  pouco tempo depois.

Estamos cansados de ver dirigentes que "pensam" ter um bom time, mas como os resultados não aparecem chegam a contratar quatro ou mais técnicos por temporada.

Um adendo: Acho que grandes clubes precisam de treinadores com larga experiên cia. Só que no momento a prioridade do Fla é contratar jogador que saiba fazer gol. E as janelas de transferências estão fechadas. Agora é torcer para a dupla Deivid e Diogo acertar.  

 

Por Maria às 16h51

Estou com Zico e não abro

Parte da torcida quer a degola de Rogério Lourenço e até promete manifesto para que haja a mudança. Mas o Galinho defende o atual treinador. Especula-se até o nome de Vanderlei Luxemburgo.

Vejam a incoerência: muitos rubro-negros querem Luxemburgo – por sinal, muito bom treinador – mas esquecem que o Atlético Mineiro está na zona de rebaixamento, na 18ª posição. Ou seja: o ante-penúltimo lugar. E olha que a equipe mineira tem jogadores de alto nível, como Diego Souza, Diego Tardelli e Ricardinho.

Zico faz bem em esperar que Rogério Lourenço possa dirigir o Flamengo com a dupla Deivid e Diogo – este último estreou ontem, mas Deivid só será lançado em setembro.

E mais. Continuo acreditar na frase do Odair, o porteiro do meu prédio: “Seu Maria, quando o time é bom, técnico nenhum atrapalha porque os jogadores resolvem a parada”. Certíssimo Odair.

Por isso, que o Flamengo monte um time antes de pensar num treinador consagrado, com o campeão do Mundo Felipão, que dirige o Palmeiras, que ontem perdeu de 3 a 0 para o Atlético GO, no Pacaembu e no dia do seu aniversário.

Por Maria às 11h10

Fla continua sem gritar "golllll"

O Flamengo continua o mesmo. Fazer gol é uma missão complicadíssima para a equipe rubro-negra, que, jogando no Maracanã, ficou no 0 a 0 com o Atlético Mineiro. É bom lembrar que o Galo faz péssima campanha e não consegue sair da zona de rebaixamento - ocupa a 18ª posição.

|Mas quem assistiu ao jogo certamente ficou com boa impressão de Diogo, que estreou e mostrou alguma qualidade. Houve um lance em que ele deixou Leandro Amaral na cara do gol, mas Fábio Costa defendeu com o biquinho da chuteira. Houve ainda um lance em que Val Baiano acertou o travessão do time do Galo.

O próximo adversário do Flamengo será  o Guarani,  que nesta quinta-feira empatou com o Vitória em 1 a 1 no Barradão.

Só que agora, o Bugre receberá o Urubu no Brinco de Ouro, em Campinas.

 

Por Maria às 23h41

Parabéns Verdão, sua história é linda

O Palmeiras  completou 96 anos de uma linda história nesta quinta-feira. Apesar da  sua fraca campanha no Brasileirão,  o Vedão tinha tudo para comemorar a data com alegria: o jogo seria disputado no Pacaembu, e o adversário o lanterna Atlético Goianiense.

Mas deu tudo errado: o Verdão não conseguiu tirar proveito de detalhes tão favoráveis e acabou goleado pelo último colocado:  3 a 0, com  três gols marcados por Elias.

Com a vitória, o Atlético Goianiense passou a condião de lanterna o Goiás.

Inacreditável o que vem acontecendo com o Verdão. Os comandados de Renê Simões deram um nó nos comandados de Felipão.

Por Maria às 23h36

26/08/2010

Não tenha pressa Ganso. A gente te espera

Triste notícia sobre Paulo Henrique Ganso. Vários jogadores romperam o ligamento cruzado do joelho e se recuperaram. Ronaldo Fenômeno foi um deles e até Copa do Mundo disputou depois da lesão. O mesmo aconteceu com Keirrison, quando atuava no Coritiba e outro caso que repercutiu foi a lesão sofrida por  Juliana, companheira de Larissa, no vôlei de praia. Ela ficou fora dos Jogos Olímpicos de Pequim, mas deu a volta por cima e continua brilhando intensamente.

A total recuperação pode durar seis meses e até um pouco mais e Ganso terá que se dedicar ao máximo nos exercícios de fisioterapia. Mas sendo ele um jogador altamente profissional, vai tirar de letra este longo período.

E tenho certeza que Ganso retornará com o mesmo futebol de alta qualidade e que vem encantando o torcedor brasileiro.

Por Maria às 20h30

Time do Parque São Jorge cai no Parque do Sabiá

O Corinthians perdeu de 1 a 0 para o Cruzeiro, no Parque do Sabiá, em Uberlândia, e tornou a ficar cinco pontos atrás do líder Fluminense e sua vantagem para o Botafogo que era de sete pontos caiu agora para quatro.

Montillo fez o gol da equipe mineira ainda no primeiro tempo.  Pouco depois, Bruno César  perdeu um pênalti, bem defendido por Fábio.

O Corinthianas lutou mas não estava em noite inspirada.

 

Por Maria às 00h56

Santos afunda o Grêmio e entra no G4

O Grêmio é que continua adormecido. Se ao enfrentar o Santos, no Olímpico, saiu na frente com o gol de Borges, criou chances para ampliar, mas permitiu a virada. Neymar empatou no segundo tempo, nos minutos finais perdeu um pênalti, mas nos acréscimos Rodriguinho virou o jogo. Ganso se contundiu no tornozelo e deu lugar a Zezinho.

A derrota de 2 a 1 foi um castigo para o Grêmio, que permanece na zona do rebaixamento. Já o Santos retornou para São Paulo comemorando a vitória e a entrada no G4.

Já o  Internacional derrotou o Avaí por 1 a 0, gol de Índio, está em quinto e coladinho no G4 com os mesmos 24 pontos do Santos.

 

 

Por Maria às 00h42

25/08/2010

Flu festeja liderança e o despertar de Deco

O líder Fluminense - agora com cinco pontos de vantagem sobre o Corinthians - continua exibindo um futebol de alto nível. Os 3 a 0 sobre o Goiás, provam isso.

E o lance mais bonito da partida foi a jogada do primeiro gol. tricolor: Com muita sutiliza,  Conca serviu Deco, que, ao perceber a chegada de Washington, tocou de primeira para o companheiro, que tocou para as redes do Goiás, aos 20 minutos do segundo tempo.

Washington não se conteve e fez questão de agradecer ao companheiro pelo magnífico passe.

Mas não ficou nisso: nove minutos depois, novamente Deco rolou para Mariano, que serviu para Emerson marcar o segundo gol.

Mas não ficou nisso: nos acréscimos, Marquinho marcou o terceiro gol.

O líder Fluminense está numa boa porque seus dois próximos jogos - São Paulo e Palmeiras - serão em casa.

Vascaínos têm que comemorar o 0 a 0

Sem Carlos Alberto, suspenso, o Vasco não foi aquela  empolgante equipe das rodadas anteriores.  

Mas se não conseguiu ameaçar Rogério Ceni uma só vez, amarrou o São Paulo de tal forma que garantiu um 0 a 0 importante, porque pelo menos não pedeu posições. Manteve-se em nono lugar.

Já o São Paulo, que buscava um bom resultado para amenizar a crise, até porque o jogo foi no Morumbi, o empate teve sabor de derrota, já que se mostrou mais presente, ditou o ritmo da partida ao longo dos 90 minutos, mas não teve competência para fazer gol.

 

 

Por Maria às 22h03

Vozão se queima no Fogão

Vitória apertada do Botafogo sobre o Ceará: 1 a 0. Mas foi um resultado importantíssimo, porque além de derrotar um adversário que tinha o mesmo número de pontos, o time de Joel Santana se mantém  no G4 em terceiro lugar e o sonho do título continua.

Detalhe: não é fácil fazer gol no Ceará, a equipe que tem a defesa menos vazada do Brasileiro. Apenas nove gols. Mas Jobson deixou sua marca.

Com a derrota, o Vozão saiu do G4 e caiu para a sétima colocação.

Por Maria às 21h52

Muricy coloca Flu em estado de prontidão

O Fluminense é o líder do Brasileiro  e o Goiás o penúltimo colocado. Mas querem saber? Tem tudo para ser um jogo complicadíssimo para o time de Muricy, que não tem a menor dúvida em relação a isso.

Afinal nada como um time desacreditado e escorraçado pela torcida derrotar o primeiro colocado da competição. E o jogo será no Serra Dourada.

Um bom resultado amenizará a ira do torcedor goiano.

O zagueiro Leandro Euzébio, do Fluminense, já alertou os companheiros sobre o que a equipe encontrará no Serra Dourada. E ele fala com consciência de causa porque já pertenceu ao Goiás.

 

Por Maria às 16h36

Fogão e Vozão vão decidir nos detalhes

Quem assistir Botafogo  x Ceará acompanhará os seguintes duelos: Joel Santana x Mário Sérgio,  o terceiro colocado x quarto (ambos com 24 pontos), segundo melhor ataque do Brasileiro (26 gols) x  defesa menos vazada da competição (o Vozão sofreu oito gols).

A partida no Engenhão será muito disputada e decidida nos detalhes. Pelo menos é o que posso pensar diante dos números  das duas equipes no quadro de classificação e  da competência dos seus treinadores. 

 

 

Por Maria às 16h34

Vasco enfrenta São Paulo dentro de um caldeirão

O Vasco, que já respira melhor na competição, enfrentará o asfixiado São Paulo.

Ainda assim, será uma partida complicada porque o tricolor paulista está mergulhado em crise, ocupa a 15ª colocação e o Morumbi se transformará num verdadeiro caldeirão.

O time paulista entrará em campo sob forte pressão e seus jogadores sabem que as conseqüências de um mau resultado (o empate que seja)  são imprevisíveis.

Portanto... é vencer ou vencer.

Por Maria às 16h30

24/08/2010

Deivid e Diogo nâo esperavam tanto

Sem querer desmerecer o esforço do Flamengo em acertar o seu ataque, bem como depreciar as qualidades de Deivid e Diogo, acho apenas que está havendo um exagero em termos de espaço para a dupla.

Afinal, o Flamengo não contratou nenhum jogador da seleção brasileira ou alguém que esteja nos planos de Mano Menezes – pode ser até que os dois venham a ser convocados. Sei lá...

De qualquer maneira, acredito que Deivid e Diogo conseguirão melhorar de forma significativa o ataque rubro-negro e torço para que a dupla faça com que o Campeonato Brasileiro se torne mais emocionante.

Para refrescar a memória, Deivid (30 anos) foi campeão brasileiro pelo Cruzeiro (2003) e Santos (2004), e Diogo (23 anos) mostrou qualidades na Portuguesa e foi contratado pelo Olympiacos. 

 

Por Maria às 12h40

Vamos aplaudir e atender Nélio Moura

                                                                                                      (Fotos CBAt)               

                    

                    O competente e dedicado técnico Nélio Moura

      

     Caio  (17 anos) e Thiago, (16), nossos medalhistas de atletismo em Cingapura

O Blogdomaria faz questão de mostrar quem se destaca no esporte, independentemente da modalidade.

Além de aplaudir a medalha de ouro conquistada por Caio Cezar (17 anos), no salto em distância, e a de prata por Thiago Braz (16 anos)  de tantos outros jovens atletas brasileiros nos Jogos Olímpicos da Juventude, em Cingapura, uma justa homenagem ao competente e dedicado técnico Nélio Moura, por sinal, treinador de Maurren Maggi, que em poucas palavras disse uma grande verdade:

"Para levar um atleta ao pódio em grandes competições, não basta o talento do atleta e o conhecimento do técnico. É preciso que haja condições materiais na preparação, como apoio financeiro, materiais, equipamentos, campings no Brasil e no exterior, ajuda de custo...".

De fato, o país sede de uma Olimpíada precisa dar irrestrito e total apoio aos atletas de todas as modalidades para que eles possam se dedicar full time aos intensos e necessários treinamentos. 

 

 

 

Por Maria às 11h34

Diogo e Deivid sabem o que lhes aguarda no Fla

                                              (Divulgação)

 

Diogo, Patrícia Amorim e Deivid, na Gávea

Os atacantes Diogo e Deivid sabem que a torcida rubro-negra espera muito deles e ao serem apresentados na Gávea se disseram preparados para enfrentar o grande desafio.

Além de o ataque do Flamengo ter marcado apenas 13 gols no Campeonato Brasileiro, número que o coloca entre os piores setores ofensivos da competição, a dupla tem consciência de que a torcida anda impaciente porque nos últimos cinco jogos, o time rubro-negro só fez um gol e assim mesmo de pênalti, cobrado por  Petkovic, no jogo contra o Ceará.

Diogo poderá ser escalado antes de Deivid, que viajou para Istambul a fim de tratar da mudança definitiva para o Brasil.

Por Maria às 23h49

23/08/2010

Neymar, o raro e valioso produto nacional

Que Neymar mantenha sempre os pés no chão para seu futebol atingir o ápice.

E estou convicto de que isso acontecerá porque aos pouquinhos ele vai percebendo o quanto é importante para o futebol brasileiro e que já não se trata apenas de um ídolo do Santos e sim de todo país.

Neymar até desconfia disso, mas após este encontro com o presidente Lula, que, ao passar por São Paulo, fez questão de encontrá-lo para lhe dar um abraço, certamente perceberá o quanto é valioso e a ficha começará a cair de forma diferente.

Claro que um dia Neymar será contratado por algum clube europeu. Mas no momento em que busca a maturidade física e profissional, será bem mais fácil atingir o seu melhor permanecendo no Santos.

E quando isto acontecer que Neymar procure o presidente do Santos, Luís Álvaro Ribeiro, para lhe dar um forte abraço de agradecimento por lutar para mantê-lo no no clube. 

 

Por Maria às 18h20

22/08/2010

Deco quase se consagra no jogo de estréia

O  árbitro Marcelo de Lima Henrique poderia perfeitamente dar a partida por encerrada quando, a cinco minutos do fim,  Deco desperdiçou incrível chance de gol quase na pequena  área  que decretaria a vitória do Fluminense sobre o Vasco por 3 a 2.  Se aquela bola não entrou, nada mais aconteceria na partida. Que nada, depois deste lance, Carlos Alberto, o destaque do jogo, em bela jogada individual quase deu a vitória ao Vasco. 

Mas  o 2 a 2 no Maracanã, que recebeu mais de 80 mil torcedores, foi um resultado justo. 

O zagueiro Gum colocou o Fluminense em vantagem ao marcar logo aos seis minutos. A impressão era que a equipe de Muricy iria atropelar. Que nada, o time de PC Gusmão virou com  gols de Éder Luís e Fagner. E Júlio César empatou.

Apesar da chance desperdiçada, Deco mostrou categoria em alguns lances e a torcida tricolor o festejou.

Por Maria às 21h36

Corinthans vence sem dó e piedade

Ninguém duvidava que o Corinthians poderia  completar 10 jogos sem perder. Só que nem mesmo o  Corinthians podia imaginar a forma como a escrita seria mantida.

E o que aconteceu? Bem, o Coringão simplesmente atropelou o tricolor: 3 a 0, gols de Elias (dois) e Jucilei.

Há quem garanta que a situação do técnico Sérgio Baresi à frente do São Paulo começa a se complicar.

Com a vitória, o Corinthians ficou apenas dois pontos atrás do líder Fluminense, que empatou com o Vasco.   

Por Maria às 21h25

Cruzeiro parece não gostar do G4

Não sei o que acontece com o Cruzeiro, que se mantém encostado no G4  e quando todos pensam que chegou o momento de a Raposa  ficar entre os quatro primeiros colocados nada acontece.

 E foi o que se viu em Ipatinga neste domingo: o Vitória venceu por 1 a 0 (gol de Júnior), chegou aos 20 pontos e pode perfeitamente sonhar com o G4.

Tudo bem que o Vitória faz boa campanha, mas existem certas partidas que o time da casa tem que vencer. E o Cruzeiro sequer empatou, perdeu.

 

 

Por Maria às 21h20

Fla continua o mesmo. O Furacão agradece

O Flamengo voltou a tropeçar. Desta vez foi derrotado pelo Atlético PR, que ao vencer por 1 a 0 saiu da zona de rebaixamento.

A verdade é a seguinte. Uma equipe sem poder de decisão dificilmente conseguirá bons resultados. E é o caso do Flamengo, que pouco ameaça seus adversários e não consegue encantar sua torcida.

No primeiro tempo, Maicon Xavier acertou a trave do goleiro Marcelo Lomba e Paulo Bayer desperdiçou uma chance incrível. Na etapa final, o time não melhorou nem com as entradas de Cristian Borja e Vinícius Pacheco nos lugares de Val Baiano e Leandro Amaral.

Se os reforços Diogo e Deivid  não conseguirem resolver o problema rubro-negra, a torcida vai sofrer muito.

Para mim, o Furacão venceu com um gol olímpico de Paulo Bayer. O árbitro considerou de Manoel, que teria desviado de cabeça. Tenho minhas dúvidas. Mas isso é o de menos e não mudará o resultado da partida.

 

Por Maria às 19h39

Neymar abraça Luxemburgo e afunda o Galo

O abraço que Neymar deu em Vanderley Luxemburgo antes do jogo foi o verdadeiro "abraço de tamanduá" - ou seja: um abraço mortal.

Neymar ficou no Santos e mandou ver: marcou um gol (pênalti) e deu precioso passe para Danilo fazer o segundo gol do Santos, que derrotou o Atlético MG, que continua  afundado na zona de rebaixamento.  

Impressionante é ver uma equipe como a do Atlético, que é dirigida por Vanderlei Luxemburgo, um grande treinador, tendo jogadores de excelente nível, como Diego Tardelli, Diego Souza, Obina e  Ricardinho,  mas não conseguir quase nada. Foi a décima derrota do Galo no Campeonato Brasileiro.

Como o Santos não tem nada com isso, tratou de brindar sua torcida com o seu futebol de toques rápidos e excelente qualidade.

 

Por Maria às 19h29

Nem Valdívia esquentou o Verdão

Palmeiras visitou o Guarani, no Brinco de Ouro, e mais parecia um jogo de compadres. Aquelas partidas que dão a impressão que ninguém  quer nada e está rezando para o jogo acabar logo. O empate em 0 a 0 mostrou exatamente isso.  

Nem a entrada de Valdívia no lugar de Fabrício serviu para esquentar a partida.  No primeiro lance, o chileno tropeçou na grama e caiu sozinho.

Ao empatarem, os dois times permaneceram  naquela zona intermediária, coisa que não agrada principalmente a exigente torcida do Verdão. A expulsão de Marcos Assunção não serve como desculpa.

Por Maria às 19h15

Leandro Damião salva o Internacional

O Internacional campeão da Libertadores não entrou em campo, passou longe do Beira-Rio. Disso se aproveitou o lanterna Atlético GO para sair na frente através de Victor Ferraz ao final do primeiro tempo e se não é Leandro Damião, que marcou o gol da virada na decisão contra o Chivas Guadalajara, o Internacional teria perdido.  Graças ao jovem atacante, a partida terminou em 1 a 1.

Se o time colorado pensa no título do Brasileiro é bom que volte a jogar com seus titulares. Permanece bem afastado dos líderes Fluminense e Corinthians.

Por Maria às 19h11

Sobre o autor

Antonio Maria Filho é jornalista esportivo desde 1970 e cobriu as últimas 9 Copas do Mundo. Esteve a serviço em duas Olimpíadas e dois Mundiais sub-20. Também marcante em sua carreira foi seguir todos os passos do Flamengo na conquista do Mundial Interclubes, em 1981, no Japão, na final contra o Liverpool.

Sobre o blog

Baseado no Rio de Janeiro, o Blog do Maria dirige o olhar treinado do experiente jornalista para o futebol atual e traz bastidores do mundo esportivo acumulados ao longo de quatro décadas de carreira.